Show simple item record

dc.contributor.advisordos Santos, Áureo
dc.contributor.authorAlgarve, Gabriel Lorenzoni
dc.coverage.spatialAinda nao publicadopt_BR
dc.date.accessioned2020-12-02T21:13:19Z
dc.date.available2020-12-02T21:13:19Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/10677
dc.descriptionObjective: This article presents the trend of mortality from pneumonia in Santa Catarina in the period of 2009 and 2018, and its economic impact within the scope of SUS. Methods: Analysis of the time trend, data on in-hospital mortality from pneumonia and cost of hospitalizations collected at SIH-SUS. Results: A trend of growth was found in in-hospital mortality from pneumonia in Santa Catarina (Pearson = 0.948), with an average of 30.36 deaths / 100 thousand inhabitants in the period. There was also a significant growth trend in the older age groups 60 to 69 and over 80 years, and a downward trend in the age groups 0 to 4 years and 10 to 14 years. As for cost, the trend was for growth in absolute value and reduction in the fraction of the total cost of hospitalizations. Conclusion: There was an upward trend in general pneumonia mortality, with a predominance of males. Increase in mortality in the elderly population and decrease among younger people. Increased mortality in almost all studied macro-regions. Absolute costs tended to increase, while the average unit cost of hospitalizations for pneumonia showed a downward trend in the period.pt_BR
dc.description.abstractObjetivo: Esse artigo apresenta a tendência da mortalidade por pneumonia em Santa Catarina no período de 2009 e 2018, e seu impacto econômico no âmbito do SUS. Métodos: Análise da tendência temporal, dos dados de mortalidade intra-hospitalar por pneumonia e de custo das internações coletados no SIH-SUS. Resultados: Foi encontrada tendência de crescimento na mortalidade intra-hospitalar por pneumonia em Santa Catarina (Pearson = 0,948), com uma média de 30,36 óbitos/100 mil habitantes no período. Houve também tendência de crescimento significativa nas faixas etárias mais idosas 60 a 69 e acima de 80 anos, e tendência de redução nas faixas etárias de 0 a 4 anos e 10 a 14 anos. Quanto ao custo a tendência foi de crescimento no valor absoluto e redução na fração do custo total de internações. Conclusão: Houve tendência de crescimento na mortalidade geral por pneumonia, com predominância do sexo masculino. Aumento na mortalidade na população idosa e redução entre os mais jovens. Aumento da mortalidade em quase todas as macrorregiões estudadas. Os custos absolutos tenderam a aumentar, enquanto o custo unitário médio das internações por pneumonia apresentou tendência de redução no período.pt_BR
dc.format.extent10pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofMedicina - Pedra Brancapt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectMortalidade. Pneumonia. Tendência.pt_BR
dc.titleTendência da mortalidade intrahospitalar por pneumonia no estado de Santa Catarina entre 2009 e 2018 e seu impacto econômico.pt_BR
dc.title.alternativeIn-hospital pneumonia mortality trends in Santa Catarina state between 2009 and 2018 and its economical impactpt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.contributor.coadvisorMagajewski, Flavio Ricardo Liberali
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons