Show simple item record

dc.contributor.advisorMarcomim, Ivana
dc.contributor.authorFerretti, Amanda Buffon
dc.coverage.spatialPalhoçapt_BR
dc.date.accessioned2020-12-16T11:06:58Z
dc.date.available2020-12-16T11:06:58Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/11554
dc.descriptionThis article originates from the curricular internship experience in Social Work, seeking to know, in this context of life, the main challenges faced by users, about the promotion, expansion, and consolidation of the mental health of the homeless population as subjects of rights? It is characterized as exploratory research, as for the procedure, it is bibliographic research, and the approach is classified as a deductive thinking method with qualitative nature. The main objective of the study is to understand the main challenges faced by users, concerning the promotion, expansion, and consolidation of the mental health of the homeless population as subjects of rights. The article addresses basic considerations about the National Social Assistance Policy, the Unified Social Assistance System, the Health and Social Security Policy, the Unified Health System, the National Policy for Homeless People, and the National Mental Health Policy within the scope of the rights of homeless people. It is understood that, although there is a legal provision for a series of rights that must be consolidated by the equipment, programs, and services that make up the rights of this segment, overcoming the determinants for this life situation is challenging to all rights policies.pt_BR
dc.description.abstractO presente artigo origina-se da experiência de estágio curricular em Serviço Social, buscando conhecer, neste contexto de vida, os principais desafios enfrentados para os usuários, em relação a promoção, ampliação e consolidação da saúde mental da população em situação de rua enquanto sujeitos de direitos? Caracteriza-se como pesquisa exploratória, quanto ao procedimento trata-se de uma pesquisa bibliográfica e abordagem se classifica como método de pensamento dedutivo com natureza qualitativa. O objetivo central do estudo é compreender os principais desafios enfrentados para os usuários, em relação a promoção, ampliação e consolidação da saúde mental da população em situação de rua enquanto sujeitos de direitos. O artigo aborda considerações básicas sobre a Política Nacional de Assistência Social, o Sistema Único de Assistência Social, a Política de Saúde e Previdência Social, o Sistema Único de Saúde, a Política Nacional para População em Situação de Rua e a Política Nacional de Saúde Mental no âmbito dos direitos das pessoas em situação de rua. Compreende-se que, embora se tenha a previsão legal de uma série de direitos que devem ser consolidados pelos equipamentos, programas e serviços que compõem os direitos deste segmento a superação dos determinantes para esta situação de vida são desafiadores a todas as políticas de direitos.pt_BR
dc.format.extent25pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofServiço Social - Pedra Brancapt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectServiço Socialpt_BR
dc.subjectPessoas em situação de ruapt_BR
dc.subjectFormação profissionalpt_BR
dc.titleSaúde Mental e População em Situação de Rua: Desafios e Perspectivas à Consolidação da Cidadaniapt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.subject.areaCiências Sociais Aplicadaspt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons