Show simple item record

dc.contributor.advisorAlmeida, Maria Paula Pereira Matos de
dc.contributor.authorSouza, Marina Nunes
dc.coverage.spatialTubarãopt_BR
dc.date.accessioned2020-12-16T23:27:47Z
dc.date.available2020-12-16T23:27:47Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/11665
dc.descriptionThe objective of this research is to investigate the incidence of anxiety symptoms in health area professionals who work against the COVID-19 pandemy in the city of Tubarão. The COVID-19 is a highly transmissible desease, has a high clinic gravity and was originated in China. The psicologycal consequences of the frontline performance combating the desease has being a concern. This study is about a field research, of a quantitative nature and exploratory character, developed from the aplication of a axiety inventory on 16 health área professionals wich act in the Central Policlinic of Tubarão. The results analysis indicates a higher presence of symptoms wich are considered minimal and moderated anxiety and little presence of severe and light anxiety. The more relevant symptoms in the research were heart palpitation or acceleration and indigestion of abdomen discomfort. It is possible to highlight that several anxiety symptoms are present in most health professionals, with this, the psychological suffering that each professional may have experienced or is experiencing during the pandemic is highlighted.pt_BR
dc.description.abstractEsta pesquisa teve como objetivo investigar a incidência de sintomas de ansiedade em profissionais da área da saúde atuantes no combate à pandemia da COVID-19 no município de Tubarão. A COVID-19 é uma doença altamente transmissível e possui alta gravidade clínica, surgida inicialmente na China. As consequências psicológicas da atuação da linha de frente no combate à doença tem sido uma preocupação. Este estudo trata-se de uma de uma pesquisa de campo, de natureza quantitativa e de caráter exploratório, desenvolvida a partir da aplicação de um inventário de ansiedade em 16 profissionais da área da saúde atuantes na Policlínica Central de Tubarão. A análise dos resultados indica maior presença de sintomas considerados ansiedade mínima e ansiedade moderada e pouca presença de ansiedade grave e leve. Os sintomas com maior relevância na pesquisa foram palpitação ou aceleração do coração e indigestão ou desconforto no abdômen. É possível destacar que diversos sintomas de ansiedade estão presentes em grande parte dos profissionais da área da saúde, com isso, ressalta-se o sofrimento psíquico que cada profissional pode ter vivenciado ou está vivenciando durante a pandemia.pt_BR
dc.format.extent23 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofPsicologia - Tubarãopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectCOVID-19pt_BR
dc.subjectAnsiedadept_BR
dc.subjectProfissionais da área da saúdept_BR
dc.titleIncidência de sintomas de ansiedade em profissionais da área da saúde atuantes no combate à pandemia da COVID-19pt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.subject.areaCiências Humanaspt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons