Show simple item record

dc.contributor.advisorBavaresco, Carlos Robertopt_BR
dc.contributor.authorHessmann, Luiz Guilherme Lemospt_BR
dc.date.accessioned2016-11-30T15:02:45Z
dc.date.available2016-11-30T15:02:45Z
dc.date.issued2013
dc.identifier1732pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/1398
dc.description.abstractSanta Catarina é o estado com menor porcentagem em coleta e tratamento de esgotamento sanitário do sul do Brasil, sendo a falta de saneamento básico uma das principais causas da poluição dos recursos hídricos. Este tipo de impacto é uma das principais causas do aumento de transmissão das doenças de veiculação hídrica, o que gera uma perda na qualidade de vida da população. Com este contexto o objetivo deste trabalho foi propor a definição de área para a instalação de uma estação de tratamento de esgotos para o município de Atalanta-SC a qual é conhecida por ser "a cidade jardim da mata atlântica". Para tanto foram realizadas pesquisas bibliográficas, saídas a campo e análises laboratoriais para obtenção de dados e a correta aplicação das metodologias propostas. Além da avaliação da área de implantação foram levantados os impactos causados com a construção e operação do empreendimentopt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofEngenharia Ambiental e Sanitária - Pedra Branca
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectÁguas residuaispt_BR
dc.subjectEsgotospt_BR
dc.subjectPurificaçãopt_BR
dc.subjectTratamento biológicopt_BR
dc.titleEstudo locacional para a implantação de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no município de Atalanta/SCpt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.isReferencedByMonografia (Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária).pt_BR
dc.hasPart109746_Luiz.pdfpt_BR
dc.subject.areaEngenhariaspt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons