Show simple item record

dc.contributor.advisorNatividade, Michelle Regina dapt_BR
dc.contributor.authorMartinho, Cidiane Robertapt_BR
dc.date.accessioned2016-11-30T15:03:42Z
dc.date.available2016-11-30T15:03:42Z
dc.date.issued2010
dc.identifier690pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/1494
dc.description.abstractO presente trabalho de conclusão de curso teve como objetivo analisar os sentidos que os gerentes que atuam em uma empresa familiar atribuem à mudança organizacional. Para alcançar esse objetivo buscou-se identificar os aspectos vinculados a mudança organizacional; identificar os aspectos da cultura organizacional e verificar a importância da mudança organizacional em relação à sobrevivência da empresa. A pesquisa caracterizou-se como exploratória e seu delineamento foi um estudo de caso. Para a obtenção dos dados foi realizada um entrevista semi-estruturada com cinco gerentes de uma empresa familiar localizada na Grande Florianópolis - SC. A coleta de dados ocorreu em dias diferentes, sendo que quatro foram realizadas na empresa e uma fora da empresa, tendo duração aproximada de 40 minutos. As informações obtidas pelas entrevistas foram submetidas à análise de conteúdo e organizadas em categorias a posteriori. Conforme os dados coletados identificou-se que todos os entrevistados são do sexo masculino, e que a média de trabalho na empresa é de 14 anos. De acordo com a análise percebeu-se que algumas mudanças ocorridas na empresa familiar foram planejadas, como a mudança de produtos comercializados, a estrutura física e a localização da empresa, e outras ocorreram sem planejamentos, como a divisão de setores e a mudança de procedimentos internos. Diante das mudanças ocorridas verificou-se que fatores internos, como a qualificação e a participação de todos, e fatores externos, como a exigências do mercado e a concorrência, foram os que contribuíram para que as mudanças organizacionais acontecessem dentro da empresa. Notou-se que por se tratar de uma empresa familiar alguns aspectos da cultura organizacional foram considerados facilitadores e outros dificultadores para a efetivação das mudanças. Viu-se também a importância atribuída às mudanças realizadas para a sobrevivência da empresa, sendo este um processo motivador e satisfatório, porém que acarreta algumas dificuldades e desgastes. Verificou-se que nesta empresa familiar analisada, a mudança organizacional é compreendida como qualquer alteração, planejada ou não, porém, para que essas mudanças sejam realizadas, a participação de todos no processo é tido como papel importante, para um melhor resultadopt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofPsicologia - Pedra Branca
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCultura organizacionalpt_BR
dc.subjectAdministração de empresaspt_BR
dc.subjectGerentespt_BR
dc.subjectDesenvolvimento organizacionalpt_BR
dc.titleOs sentidos atribuídos à mudança organizacional por gerentes que atuam em uma empresa familiarpt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.isReferencedByMonografia (Curso de Graduação em Psicologia)pt_BR
dc.hasPart101065_Cidiane.pdfpt_BR
dc.subject.areaCiências Humanaspt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons