Show simple item record

dc.contributor.advisorNascimento, Deise Maria dopt_BR
dc.contributor.authorPedroso, Betânia de Nazaré Alves Zahlouthpt_BR
dc.date.accessioned2016-11-30T15:03:49Z
dc.date.available2016-11-30T15:03:49Z
dc.date.issued2011
dc.identifier992pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/1532
dc.description.abstractNo mundo contemporâneo os relacionamentos conjugais passam por transformações provenientes da industrialização, da entrada da mulher no mercado de trabalho e da evolução dos costumes. Essa pesquisa busca compreender quais as Representações Sociais que aparecem relacionados ao casamento e a separação conjugal expostas na internet, através dos relatos feitos por mulheres que fazem parte de uma comunidade virtual denominada "Separada, Feliz e Bem Resolvida" que se encontra em uma rede social nomeada Orkut. A pesquisa pretende demonstrar que ao postarem relatos de seus processos de separação, as internautas expõem através das suas narrativas o modo como viveram esse processo íntimo tornando público, sentimentos, valores e representações que possuem do casamento e da separação conjugal. Este estudo foi classificado como pesquisa documental de natureza exploratória e de caráter qualitativa. Foram realizadas diversas leituras nos fóruns existentes na comunidade pesquisada. Através destas leituras, foram selecionados 18 fóruns de discussões, tendo como critério seletivo assuntos pertinentes a esta pesquisa. A partir disso, ficaram selecionadas 20 mulheres: seus relatos agrupados e depois categorizados de acordo com os objetivos específicos, e submetidos à análise de conteúdo. Foi possível identificar, a partir dos relatos das mulheres pesquisadas, que elas esperam que o relacionamento seja baseado na fidelidade conjugal, no respeito e no companheirismo, mas também buscam se relacionar mantendo sua autonomia e sua individualidade resguardadas, desta forma, passam a exigir uma maior qualidade nesta conjugalidade. Em geral, verificou-se que a Representação Social da separação conjugal encontrada nos relatos dessas mulheres está na procura pela satisfação individual e pelo prazer de ter, novamente, liberdade para realizar atividades que foram deixadas de lado por conta do relacionamento conjugal. Entre as atividades que foram citadas nos relatos das mulheres estavam: a possibilidade de sair com maior frequência com as amigas e ter um tempo maior de dedicação aos filhos e familiares, além da possibilidade de encontrar um novo parceiro que esteja mais próximo de atingir suas expectativas de homem idealpt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofPsicologia - Pedra Branca
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSeparação (Psicologia)pt_BR
dc.subjectRelações humanas - Aspectos psicológicospt_BR
dc.subjectPsicologia aplicadapt_BR
dc.titleRepresentações sociais de casamento e separação conjugal para mulheres participantes de uma comunidade virtual do orkutpt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.isReferencedByMonografia (Curso de Psicologia).pt_BR
dc.hasPart104127_Betania.pdfpt_BR
dc.subject.areaCiências Humanaspt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons