Show simple item record

dc.contributor.advisorNatividade, Michelle Regina dapt_BR
dc.contributor.authorRomani, Patriciapt_BR
dc.date.accessioned2016-11-30T15:03:54Z
dc.date.available2016-11-30T15:03:54Z
dc.date.issued2008
dc.identifier346pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/1570
dc.description.abstractEsta pesquisa está vinculada ao Projeto de Saúde do Trabalhador, que desenvolve conhecimentos teórico-práticos sobre as relações sociais de produção e como estas determinam o processo saúde-doença em trabalhadores de todas as categorias. Uma das doenças ocupacionais que oferecem riscos à saúde e à segurança dos trabalhadores e que dá subsídios a esta investigação é a perda auditiva induzida por ruído. Este agravo gera alterações auditivas permanentes e sérios sintomas extraauditivos que interferem globalmente na saúde, no bem-estar e na qualidade de vida dos indivíduos. O objetivo da pesquisa foi compreender a percepção de profissionais da área de Segurança e Saúde no Trabalho sobre as possibilidades de atuação do psicólogo em Programas de Prevenção de Perdas Auditivas. Para tanto, foi realizada uma pesquisa exploratória, multicaso, que investigou profissionais que atuam em Programas de Prevenção de Perdas Auditivas. A partir da análise de conteúdo foi possível observar que os participantes percebem como necessária a atuação do psicólogo em Programas de Prevenção de Perdas Auditivas, principalmente em relação às medidas preventivas, auxiliando na educação, na atenção individual e coletiva e na análise e avaliação dos trabalhadores, com vistas a mudanças para comportamentos mais seguros. O psicólogo também é percebido como um profissional que pode contribuir na reabilitação dos trabalhadores com perda auditiva, os acompanhando psicologicamente e ajudando na reorientação de carreira. Diante dos resultados obtidos, é possível perceber que esta pesquisa cumpre seu objetivo de explorar este sério agravo para que a Psicologia possa se familiarizar com este fenômeno que ameaça a relação homem-trabalho. Longe de trazer conclusões sobre o assunto, a pesquisa suscita mais uma demanda onde o psicólogo pode buscar espaço e atuar, por meio de pesquisas e intervenções que priorizem o cuidado, o bem-estar e a qualidade de vida dos trabalhadores.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofPsicologia - Pedra Branca
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPsicologia industrialpt_BR
dc.subjectPromoção da saúde dos empregadospt_BR
dc.subjectSegurança do trabalhopt_BR
dc.subjectSurdez provocada por ruído - Aspectos psicológicospt_BR
dc.titleA percepção de profissionais da área de segurança e saúde no trabalho sobre as possibilidades de atuação do psicólogo em programas de prevenção de perdas auditivaspt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.isReferencedByMonografia (Curso de Graduação em Psicologia)pt_BR
dc.hasPart95073_Patricia.pdfpt_BR
dc.subject.areaCiências Humanaspt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons