Show simple item record

dc.contributor.advisorNascimento, Deise Maria dopt_BR
dc.contributor.authorSilva, Josiane Ferreira dapt_BR
dc.date.accessioned2016-11-30T15:03:54Z
dc.date.available2016-11-30T15:03:54Z
dc.date.issued2008
dc.identifier352pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/1576
dc.description.abstractEsta pesquisa apresenta como tema central o estudo da identidade dos casais que estão em processo de separação conjugal e tem como objetivo geral a caracterização do processo de re-significação da identidade em homens e mulheres após a separação. Quanto à metodologia, trata-se de uma pesquisa exploratória, com pesquisa de campo, de natureza qualitativa. A coleta de dados foi realizada por meio de uma entrevista semi-estruturada, que de forma acidental foram escolhidos 3 (três) homens e 3 (três) mulheres que estavam com a separação de corpos efetivada, que não formavam um casal entre si, e que utilizaram o serviço de atendimento de mediação familiar no Fórum do município da grande Florianópolis-SC. No referencial teórico foram abordados os seguintes temas: Gênero e Identidade e uma Possibilidade de Re-significação; Casamento e Separação Conjugal. A análise de dados foi realizada através de análise de conteúdo, nos quais os resultados preliminares apontam para a mudança na vida social, tanto para homens quanto para as mulheres. O diferencial relacionado ao gênero foi a constatação que houve uma melhora da auto-estima nas mulheres. Esse resultado foi unânime para todas as entrevistadas. O sofrimento foi um sentimento presente, independente do gênero, ficando assim, evidente algumas justificativas quanto à superação desses sentimentos, por parte dos participantes do sexo masculino. A possibilidade de uma nova conjugalidade foi considerada importante para a retomada da vida, com algumas ponderações, por dois dos participantes, no que se referiu a não conviver sob o mesmo teto. Essa última consideração foi apontada por um participante do sexo masculino e uma do sexo feminino. Com esses dados, se percebeu a existência da re-significação nas identidades de homens e mulheres de acordo com as atitudes expressas.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofPsicologia - Pedra Branca
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSeparação (Psicologia)pt_BR
dc.subjectIdentidade socialpt_BR
dc.subjectRelações humanaspt_BR
dc.subjectPerda (Psicologia)pt_BR
dc.subjectCasamento - Aspectos psicológicospt_BR
dc.title'[...] Eu sou outra pessoa [...]'pt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.isReferencedByMonografia (Curso de Graduação em Psicologia)pt_BR
dc.hasPart95160_Josiane.pdfpt_BR
dc.subject.areaCiências Humanaspt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons