Show simple item record

dc.contributor.advisorBragagnolo, Regina Ingridpt_BR
dc.contributor.authorSilva, Priscila Netto de Campos dapt_BR
dc.date.accessioned2016-11-30T15:03:56Z
dc.date.available2016-11-30T15:03:56Z
dc.date.issued2009
dc.identifier470pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/1590
dc.description.abstractA presente pesquisa aborda um tema atual e necessário envolvendo a Psicologia Organizacional e do Trabalho que trata da relação entre saúde e adoecimento psíquico nas organizações de trabalho. Tem como objetivo geral realizar uma avaliação de sinais e sintomas que configuram a presença de sofrimento psíquico em vendedores que trabalham no comércio de Shopping Center da Grande Florianópolis. Para realização de tal estudo, adotou-se o método qualitativo e quantitativo, em pesquisa do tipo exploratória, baseado em um levantamento de dados. Para tanto, utilizou-se como instrumento de coleta de dados, um questionário que foi respondido por uma amostra 39 participantes do sexo masculino e feminino que trabalham em diferentes ramos de atividade que compõe o Shopping Center. O mesmo foi elaborado com a finalidade de verificar fatores, sintomas físicos e emocionais que podem ou não, desencadear o sofrimento psíquico decorrente do trabalho. Para organização de análise de dados, utilizou-se uma análise descritiva e estatística, a fim de responder os objetivos específicos da pesquisa. A fundamentação teórica possibilitou melhor compreensão sobre a dinâmica que envolve possíveis fatores e variáveis que produzem o sofrimento psíquico decorrente do trabalho. Por meio das respostas, percebeu-se que de forma geral, os participantes apresentaram disposição,satisfação e comprometimento no que tange as atividades de trabalho. Também consideram o trabalho prazeroso adaptando-se facilmente as regras e normas da organização. Contudo, há indícios de sintomas físicos e emocionais que podem produzir o sofrimento psíquico atrelado ao trabalho, mas não indicam possíveis patologias e síndromes ocupacionais, nem tampouco agravos que comprometam de forma significativa a saúde destes profissionaispt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofPsicologia - Pedra Branca
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSeparação (Psicologia)pt_BR
dc.subjectMediação familiarpt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.subjectDireito de famíliapt_BR
dc.titleMediação transformadorapt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.isReferencedByMonografia (Curso de Graduação em Psicologia)pt_BR
dc.hasPart99677_Priscila.pdfpt_BR
dc.subject.areaCiências Humanaspt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons