Mostrar registro simples

dc.contributor.advisorMaliska, Maurício Eugêniopt_BR
dc.contributor.authorSchmitz, Amandapt_BR
dc.date.accessioned2016-11-30T15:03:57Z
dc.date.available2016-11-30T15:03:57Z
dc.date.issued2009
dc.identifier482pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/1596
dc.description.abstractA presente pesquisa tem por finalidade relacionar a visão sobre o processo de saúde-doença que vem passando por várias transformações ao longo do tempo. Com o intuito de atingir o objetivo geral de verificar a percepção da equipe de saúde de um hospital geral acerca das influências dos aspectos psicológicos sobre o processo de adoecimento de pacientes hospitalizados, este estudo, inicialmente, procurou identificar quais conceitos a equipe de saúde possui acerca dos aspectos psicológicos, assim como, identificar quais conceitos desta equipe acerca do processo de adoecimento e, por fim, identificar quais as percepções que a equipe de saúde possui sobre a relação da influência dos aspectos psicológicos com o processo de adoecimento. Trata-se de uma pesquisa exploratória, de natureza qualitativa, com o delineamento de levantamento de informações, sendo que os dados foram colhidos através de uma entrevista semi-estruturada aplicada em cinco profissionais da área da saúde de um Hospital Geral da Grande Florianópolis. Os dados obtidos foram analisados e categorizados a partir de categorias a posteriore, que foram relacionadas aos objetivos específicos da pesquisa. As categorias foram analisadas de acordo com o seu conteúdo, no intuito de relacioná-las aos resultados obtidos em campo com a fundamentação teórica e a construção de argumentos da pesquisadora. Os principais resultados obtidos mostraram que a maioria dos participantes considerou que os sentimentos e as emoções estão relacionados ao conceito de aspectos psicológicos; constatou-se também a percepção de um dos participantes ainda pautada em uma visão dualista de corpo-mente. É possível reconhecer que o processo de adoecimento foi compreendido pela maioria dos sujeitos como um conceito para além das dimensões físicas do organismo, que igualmente implica em suas dimensões psíquicas e sociais. Na relação dos aspectos psicológicos como o processo de adoecimento, verificou-se, entre alguns participantes, a falta de comunicação e trocas na área da saúde que dificulta uma atuação interdisciplinar. Por fim, considerou-se entre todos os sujeitos uma possível relação entre as dimensões psíquicas no desencadeamento de algumas doenças orgânicas.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofPsicologia - Pedra Branca
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectHospitais - Aspectos psicológicospt_BR
dc.subjectHospitais - Saúde mentalpt_BR
dc.subjectPsicologiapt_BR
dc.titleEu vejo a mente como vejo o corpo?pt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.isReferencedByMonografia (Curso de Graduação em Psicologia)pt_BR
dc.hasPart99695_Amanda.pdfpt_BR
dc.subject.areaCiências Humanaspt_BR


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons