Show simple item record

dc.contributor.advisorGuerra, José Baltazar Salgueirinho Osório de Andradept_BR
dc.contributor.authorStiefelmann, Gessika Caldeirapt_BR
dc.date.accessioned2016-11-30T15:04:43Z
dc.date.available2016-11-30T15:04:43Z
dc.date.issued2012
dc.identifier1600pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/1735
dc.description.abstractA busca de soluções para frear as agressões ao meio ambiente se deu a partir da década de 60, mas a ocorrência da primeira conferência internacional acerca do tema foi em 1972 com a Conferência de Estocolmo. A partir de então, a necessidade de se desenvolver maneiras para preservar o meio ambiente começou a fazer parte da agenda internacional, ocorrendo assim a Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento em 1992, trouxe consigo o desenvolvimento de alguns documentos importantes para a preservação ambiental. Dez anos após teve a ocorrência de outra cimeira, ocorrida em Johanesburgo, com o intuito de analisar as conquistas desse período e discutir novas preocupações, tendo como resultado da mesma dois documentos, sendo um deles o Plano de Implementação de Johanesburgo. No ano de 2012 realizou-se a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento sustentável (RIO+20), com a mesma proposta da cimeira anterior, tendo como seu resultado o relatório o "Futuro que Queremos". Com isto, este trabalho tem como objetivo fazer uma análise das principais mudanças acerca da implementação de mecanismos na defesa do meio ambiente. Por meio de pesquisa exploratória, qualitativa e documental foram descritos os resultados relativos às últimas três conferências ambientais, documentos e propostas advindos das mesmas. Uma análise comparativa entre a Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (ECO 92) e a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (RIO+20) foi desenvolvida. Podendo com isso, observar a gama de ideias desenvolvidas para diversas áreas fundamentais como educação, redução da pobreza, acesso a educação e a necessidade das mesmas para o desenvolvimento sustentável. Observando que ocorreram progressos nesses últimos vinte anos, mas que ainda há muito que fazer. Como principal necessidade, tem-se a aplicação de forma efetiva das propostas, acordos, convenções e declarações já existentespt_BR
dc.description.abstractThe search for solutions to reduce the damage to the environment comes from the 60s, but the occurrence of the first international conference on the subject was in 1972 . Since then, the need to develop ways to preserve the environment became part of the international agenda, the United Nations Conference on Environment and Development happened in 1992, it brought with it the development of some important documents for environmental preservation. Ten years after the Conference, another summit happened, held in Johannesburg, with the aim of analyze the achievements of this period and discuss new concerns resulting in the same two documents, one of the Johannesburg Plan of Implementation. In the year of 2012 was held at the UN Conference on Sustainable Development (Rio +20), with the same proposal from the previous summit, having as its result the report of the "Future We Want". With this, this paper aims to analyze the main changes on implementing mechanisms in protecting the environment. Through exploratory research, qualitative and documentary were described results for the past three environmental conferences, documents and proposals arising from them. A comparative analysis of the United Nations Conference on Environment and Development (ECO 92) and the UN Conference on Sustainable Development (Rio +20) was developed. May thereby observe the range of ideas developed from several key areas such as education, poverty reduction, access to education and the need for it to sustainable development. Noting that progress has occurred in the past twenty years, but there is still much to do. As the primary necessity, have to apply effectively the proposals, agreements, conventions and declarations already developmenten
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofRelações Internacionais  - Florianópolis
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectConferência das Nações Unidas Sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimentopt_BR
dc.subjectRio+20 (Conferência)pt_BR
dc.subjectMeio ambientept_BR
dc.subjectDesenvolvimento sustentávelpt_BR
dc.titleMudanças na visão sobre ambiente entre conferência das Nações Unidas para o meio ambiente e o desenvolvimento (ECO 92) e a conferência das Nações Unidas para o desenvolvimento sustentável (Rio+20)pt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.isReferencedByMonografia (Curso de Relações Internacionais)pt_BR
dc.hasPart109314_Gessika.pdfpt_BR
dc.subject.areaCiências Humanaspt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons