Show simple item record

dc.contributor.advisorAráujo, Vera Nícia Fortkamp dept_BR
dc.contributor.authorGonçalves, Amiltonpt_BR
dc.date.accessioned2016-11-30T15:05:09Z
dc.date.available2016-11-30T15:05:09Z
dc.date.issued2009
dc.identifier464pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/1839
dc.description.abstractNeste Trabalho de Conclusão de Curso apresentaremos a intervenção do Serviço Social na gestão participativa das mulheres idosas internas institucionalizadas, a partir das ações desenvolvidas no ambiente institucional - Sociedade Espírita Obreiros da Vida Eterna - SEOVE, no qual desenvolvemos a experiência profissional, cujo eixo temático é a gestão participativa com idosos em Instituição de Longa Permanência para Idosos - ILPI. Este estudo procura evidenciar a prática profissional voltada para a garantia e efetivação de direitos humanos e sociais, vinculada ao projeto ético político em consonância com o Código de Ética da profissão do Assistente Social, com metodologia adequada, para a realidade da pessoa idosa institucionalizada. Trabalhar com o segmento populacional idoso exige, dos profissionais, conhecimentos sobre o processo de envelhecimento pelo qual vem passando a população brasileira, oportunizando o desenvolvimento e planejamento de ações para o seu enfrentamento como é abordado neste estudo. A preocupação com a velhice corresponde à preocupação com o futuro de todos os indivíduos, partindo do pressuposto de que todos nós envelheceremos, a institucionalização se estabelece em apenas uma das várias temáticas do envelhecimento que merece a atenção de toda a sociedade, e de pessoas voltadas para o estudo de suas questões. A proposta da gestão participativa vem com o intuito de mostrar as potencialidades dos sujeitos na elaboração e execução de vários atos. Aos gestores institucionais cabe a vontade para implantar e capacitar a equipe de recursos humanos. Estimular e preparar as pessoas idosas a atuarem como atores principais do processo de reconhecimento e afirmação dos seus direitos, preservando a sua independência, autonomia, cidadania, integração e participação efetiva na sociedade, prolongando a sua existência com bem estar e qualidade de vida, através de ações profissionais com atitudes pautadas principalmente na ética.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofServiço Social - Pedra Branca
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectServiço social com idosospt_BR
dc.subjectInstituição socialpt_BR
dc.subjectAssistência socialpt_BR
dc.subjectAutonomia (Psicologia)pt_BR
dc.titleA intervenção do serviço social na gestão participativa das mulheres idosas institucionalizadas na Sociedade Espírita Obreiros da Vida Eterna SEOVE - Florianópolis/SCpt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.isReferencedByMonografia (Curso de Graduação em Serviço Social)pt_BR
dc.hasPart99658_Amilton.pdfpt_BR
dc.subject.areaCiências Sociais Aplicadaspt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons