Show simple item record

dc.contributor.advisorRosa, Josélia Euzébio da
dc.contributor.authorMatos, Cristina Felipe de
dc.coverage.spatialTubarãopt_BR
dc.date.accessioned2017-05-05T18:00:28Z
dc.date.available2017-05-05T18:00:28Z
dc.date.issued2017
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/2042
dc.descriptionThis study shows that the mode of organization of prevailing education in Brazil, in terms of content and method, is based on the Theory of Empirical Thinking. This is not in keeping with the present stage of development of thought that humanity has already achieved, in addition to hindering the formation of contemporary theoretical thinking. In order to reflect on the possibilities of overcoming these obstacles based on the foundations of Historical-Cultural Theory, we investigated the way of teaching organization in the context of Pedagogy. More specifically, we focused on the learning manifestations of the academics of the Pedagogy course of three Higher Education Institutions, concerning the way of organization of teaching concerning the interpretation and resolution of subtraction problems, based on the foundations of Historical-Cultural Theory. To do so, we accompanied, during a semester, all the classes related to the teaching of Mathematics in the three courses. The data collection procedure was the one of observation, with the aid of instruments like audio recorder, field diary and manifestations written by the own academics. We concluded that, within the limits established by the hours of the three courses of Pedagogy, learning, based on the Historical-Cultural Theory, enabled the students to appropriate and include some theoretical conceptual elements in the way of teaching organization. We verified that the time load destined to the Mathematics discipline is one of the factors that, in a certain way, conditions the way of class development and limits the conceptual systems approached. With the aggravating factor regarding the level of initial development of the academics, this hinders the formation of the way of organization of teaching at a theoretical level. However, the didactic intervention developed by the three teachers put them in a learning movement and, therefore, a higher level of development than the initial one. The didactic mediation, developed in the zone of proximal development, allowed the change of quality, since the difference between the initial and final understandings was expressive.pt_BR
dc.description.abstractEste estudo traz como pressuposto de que o modo de organização do ensino predominante, no Brasil, no que se refere ao conteúdo e método, fundamenta-se na Teoria do Pensamento Empírico. Isso não condiz com o atual estágio de desenvolvimento do pensamento que a humanidade já atingiu, além de obstaculizar a formação do pensamento teórico contemporâneo. A fim de refletir sobre as possibilidades de superação de tais obstáculos, com base nos fundamentos da Teoria Histórico-Cultural, investigamos o modo de organização do ensino no contexto da Pedagogia. Mais especificamente, debruçamo-nos nas manifestações de aprendizagem das acadêmicas do curso de Pedagogia de três Instituições de Ensino Superior,concernentes ao modo de organização do ensino referente à interpretação e resolução de problemas de subtração, a partir dos fundamentos da Teoria Histórico-Cultural. Para tanto, acompanhamos, durante um semestre, todas as aulas relacionadas ao ensino de Matemática nos três cursos. O procedimento de coleta de dados foi o de observação, com auxílio de instrumentos como gravador de áudio, diário de campo e manifestações escritas pelas próprias acadêmicas. Concluímos que, dentro dos limites estabelecidos pela carga horária dos três cursos de Pedagogia, a aprendizagem, fundamentada na Teoria Histórico-Cultural,possibilitou que as acadêmicas se apropriassem e incluíssem alguns elementos teóricos conceituais no modo de organização do ensino. Constatamos que a carga horária destinada à disciplina de Matemática é um dos fatores que, de certa forma, condiciona o modo de desenvolvimento das aulas e limita os sistemas conceituais abordados. Com o agravante, no que diz respeito ao nível de desenvolvimento inicial das acadêmicas, o pensamento empírico obstaculiza a formação do modo de organização de ensino em nível teórico. Contudo, a intervenção didática desenvolvida pelos três professores as colocou em movimento de aprendizagem e, portanto, de desenvolvimento do pensamento em nível superior ao inicial. A mediação didática constituiu a zona de desenvolvimento proximal, que possibilitou a mudança de qualidade, pois a diferença entre as compreensões iniciais e as finais foi expressiva.pt_BR
dc.format.extent139 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.subjectTeoria histórico-culturalpt_BR
dc.subjectEducação matemáticapt_BR
dc.subjectModo de organização do ensinopt_BR
dc.subjectPedagogiapt_BR
dc.subject.otherEducação - filosofia educacionalpt_BR
dc.subject.otherMatemáticapt_BR
dc.subject.otherEducação - estudo e ensinopt_BR
dc.subject.otherEnsino - metodologiapt_BR
dc.titleModo de organização do ensino de matemática em cursos de pedagogia: uma reflexão a partir dos fundamentos da teoria histórico-culturalpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.areaCiências Humanaspt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons