Show simple item record

dc.contributor.advisorSabino, Rafael Giordani
dc.contributor.authorVagner, Jardel
dc.coverage.spatialBraço do Nortept_BR
dc.date.accessioned2017-07-12T23:40:56Z
dc.date.available2017-07-12T23:40:56Z
dc.date.issued2017
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/2222
dc.descriptionThe present study deals with multiparentality: the possibility of joint recognition of socio-affective and biological paternity and its effects. As a general objective the analysis of the institute of multiparentality, emphasizing the possibility of joint recognition of socio-affective and biological paternity and its effects. And, for specific purposes, a brief description of the historical evolution of family law, about the concept of socio-affective parenting, parenthood, and multiparentality; And analyze the possibility of recognizing multiparentality. As for the methodological procedures, the deductive method was used, starting from general arguments to reach the specific conclusions. Regarding the approach, the qualitative research was used, with the purpose of knowing the researched topic and solving the problematic in question. The procedure used for the data collection was the bibliographical research, being used for the elaboration of the present work, doctrines, legislation and jurisprudence. Finally, it is demonstrated in the present study whether or not there is the possibility of joint recognition of socio-affective and biological paternity and what its effects would be. Keywords: Family Law. Multiparentality. Socio-affective fatherhood.pt_BR
dc.description.abstractO presente estudo trata sobre a multiparentalidade: possibilidade do reconhecimento conjunto da paternidade socioafetiva e biológica e seus efeitos. Apresenta como objetivo geral a análise do o instituto da multiparentalidade, dando ênfase à possibilidade de reconhecimento conjunto da paternidade socioafetiva e biológica e seus efeitos. E, por objetivos específicos, breve descrição dobre a evolução histórica do direito de família, sobre o conceito de parentalidade socioafetiva, filiação, paternidade e multiparentalidade; e analise da possibilidade de se reconhecer a multiparentalidade. Quanto aos procedimentos metodológicos, utilizou-se o método dedutivo, partindo-se de argumentos gerais para alcançar-se as conclusões específicas. Com relação à abordagem, foi utilizada a pesquisa qualitativa, com o propósito de conhecer o tema pesquisado e resolver a problemática em questão. O procedimento utilizado para a coleta de dados foi a pesquisa bibliográfica, sendo utilizadas para a elaboração do presente trabalho, doutrinas, legislação e jurisprudências. Por fim, demonstra-se, no presente estudo, se há ou não a possibilidade do reconhecimento conjunto da paternidade socioafetiva e biológica e quais seriam seus efeitos. Palavras-chave: Direito de Família. Multiparentalidade. Paternidade socioafetiva.pt_BR
dc.format.extent79 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofDireito - Braço do Nortept_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectDireito de famíliapt_BR
dc.subjectMultiparentalidadept_BR
dc.subjectPaternidade socioafetivapt_BR
dc.titleMultiparentalidade: possibilidade do reconhecimento conjunto da paternidade socioafetiva e biológica e seus efeitospt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaCiências Sociais Aplicadaspt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons