Show simple item record

dc.contributor.advisorOliveira, Alessandra de
dc.contributor.authorAlgieri, Jean Jacques
dc.coverage.spatialpalhoçapt_BR
dc.date.accessioned2017-10-09T19:53:54Z
dc.date.available2017-10-09T19:53:54Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/3080
dc.descriptionThis graduation conclusion essay presents the elements that cause air fatigue to flight attendants, the impact on situational and risk awareness and their consequences on the implementation of security procedures for possible emergencies. This paper consists of an exploratory research as well as documentary and bibliographic procedures. The data analysis was based on studies, articles, air regulation and bibliographic content, in accordance with the theoretical foundation. The approach applied was a qualitative one. The research analyses demonstrates that the occurrence of fatigue in flight attendants is an inevitable component of the air activity, nevertheless, this can be manageable by means of certain practices suggested by the Fatigue Risk Management System (FRMS) recommended by the International Civil Aviation Organization (ICAO), which tackles the problem of fatigue with a new methodology and handles it in a scientific and systemic manner.pt_BR
dc.description.abstractEste trabalho de conclusão de curso apresenta os elementos que causam fadiga aérea em comissários de voo, o seu impacto sobre a consciência situacional e de risco, o seu reflexo na aplicação dos procedimentos de segurança em situações de emergência e o Sistema de Gestão de Risco de Fadiga. O presente trabalho consiste de uma pesquisa exploratória com procedimento documental e bibliográfico. A análise de dados foi feita com base em estudos, artigos, regulamentação aérea e conteúdos bibliográficos, de acordo com a fundamentação teórica. A abordagem foi qualitativa. Após a apreciação da pesquisa, observa-se que a fadiga em comissários de voo fica evidenciada como componente inevitável da atividade aérea, mas gerenciável por meio de práticas sugeridas no Sistema de Gestão de Risco de Fadiga (FRMS) recomendado pela Organização Internacional de Aviação Civil (ICAO) em uma nova metodologia, observando a fadiga de forma científica e sistêmica.pt_BR
dc.format.extent59pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofCiências Aeronáuticas - Unisul Virtualpt_BR
dc.subjectFadigapt_BR
dc.subjectComissários de voopt_BR
dc.subjectSegurança de voopt_BR
dc.subjectGestão da fadigapt_BR
dc.titleConsciência de risco e situacional, fadiga e o impacto na segurança em comissários de voopt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaEngenhariaspt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons