Show simple item record

dc.contributor.advisorDias, Mirella
dc.contributor.authorMatos, Aline de
dc.contributor.authorSilva, Fernanda
dc.coverage.spatialPalhoçapt_BR
dc.date.accessioned2017-10-23T19:24:08Z
dc.date.available2017-10-23T19:24:08Z
dc.date.issued2011
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/3476
dc.descriptionThe female breast cancer is a disease that, for women, beyond the stigma, translates into a lot of suffering and psycho mutilating surgery of an organ that symbolizes femininity, sexuality and motherhood. This study aimed to analyze the quality of life of women treated surgically for breast cancer and relate to physical therapy. The sample consisted of six women after radical mastectomy, which was divided into 2 groups (group A) composed of women who do not realize and physical therapy (group B) who performs physical therapy. The procedure was given for completing the evaluation form with their identification data, application of SF-36, where the researchers were questions for women. The results of the study showed some graphs results without significant differences. The group has the largest deficit in the general state of health compared to group B, also showed higher scores in the pain domain. However the group B has less functional capacity compared with group A, but the values are close, greater physical aspects limitation, emotional and social aspects limitation when compared to group A which has a greater physical vitality and better mental health . The application of quality of life questionnaire showed that although the group that performs physical therapy, has shown lower values in the domains of the SF-36, one should take into account that these women are those with major complications related to breast surgery, and seek physical therapy care. We also found that physical therapy provides a better quality of life with regard to pain, and ADL performance in the women `s mastectomy. Finally, the search for the improvement of care for these women, health professionals, should be central in the treatment program and quality of life.pt_BR
dc.description.abstractO câncer de mama feminino é uma patologia que, para a mulher, além do estigma, se traduz em muito sofrimento psicofísico e uma cirurgia mutiladora de um órgão que simboliza feminilidade, sexualidade e maternidade. O presente estudo teve como objetivo analisar a qualidade de vida das mulheres tratadas cirurgicamente por câncer de mama e relacionar à fisioterapia. A amostra foi composta por 6 mulheres pós mastectomia radical, onde foi dividida em 2 grupos, (GRUPO A) composto por mulheres que não realizam fisioterapia e (GRUPO B) quem realiza fisioterapia. O procedimento deu-se pelo preenchimento da ficha de avaliação com seus dados de identificação, aplicação do Questionário SF-36, onde as pesquisadoras faziam as perguntas para as mulheres. Os resultados do estudo demonstraram em alguns gráficos resultados sem diferenças significativas. O GRUPO A possui maior déficit no estado geral da saúde comparado com o GRUPO B; apresentou também maiores escores no domínio dor. No entanto o GRUPO B possui menos capacidade funcional comparando com o GRUPO A, mas os valores são próximos; maior limitação por aspectos físicos; emocionais e limitação por aspectos sociais, quando comparado ao GRUPO A que possui maior vitalidade por aspectos físicos e melhor saúde mental. A aplicação do questionário de qualidade de vida demonstrou que embora o grupo que realiza fisioterapia, tenha apresentado menores valores nos domínios do SF-36, deve-se levar em consideração que estas mulheres são as que apresentam maiores complicações relacionadas à cirurgia de mama, e buscam atenção fisioterapêutica. Verificamos também que a fisioterapia possibilita uma melhor qualidade de vida no que diz respeito à dor, e a realização das AVD`S nas mulheres mastectomizadas. Por fim, a busca na melhora da assistência a essas mulheres, pelos profissionais de saúde, deve ser ponto central no programa de tratamento e a qualidade de vida.pt_BR
dc.format.extent91 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofFisioterapia - Pedra Brancapt_BR
dc.subjectCâncer de mamapt_BR
dc.subjectMastectomiapt_BR
dc.subjectQualidade de vidapt_BR
dc.subjectFisioterapiapt_BR
dc.titleAvaliação da qualidade de vida em mulheres pós mastectomia e sua relação com a fisioterapiapt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons