Show simple item record

dc.contributor.advisorDe Lucca, Leonardo
dc.contributor.authorPaula, Renato Mattos de
dc.coverage.spatialPalhoçapt_BR
dc.date.accessioned2017-10-23T19:24:20Z
dc.date.available2017-10-23T19:24:20Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/3479
dc.descriptionThis study aims to compare relationships between the levels of dissatisfaction with body image, obtained from the difference between the ideal and current image, and anthropometric variables of adults, not athletes, but regular people that exercise at fitness centers. The sample consisted of 90 individuals with 45 men and 45 women, aged between 18 and 45 years that regularly practice exercises in gyms for at least 5 months. Body mass were estimated, height, skinfold thickness, perimetry and measured body composition, with the aid of evaluation tools as well as a program developed in Excel 2013 program to calculate the prediction equations from the collected data. It used a range of silhouettes, and asked to evaluate what better silhouette is your current body image? And what silhouette is considered ideal? The level of dissatisfaction was determined from the difference between body image and body dissatisfaction. Regarding the sample mostly presented percentage of fat within what is recommended by the World Health Organization, 16.03 for men and 25.68 in womenyet the level of dissatisfaction with the body image was very high(87,78%). The female group showed higher levels of percentage of fat as well as the dissatisfaction of the body image. It is that for men the higher percentage of fat greater the dissatisfaction of the body image level. As it was for men only good relations between % G and dissatisfaction of body image r=0,5 p=0,0004.pt_BR
dc.description.abstractO presente estudo tem como objetivo traçar relações entre os níveis de insatisfação com a imagem corporal, obtida da diferença entre a imagem ideal e atual, e variáveis antropométricas de adultos, não atletas, praticantes de exercícios em academia. A amostra foi composta por 90 indivíduos sendo 45 homens e 45 mulheres, com faixa etária entre 18 e 45 anos, praticantes de exercícios físicos em academias de no mínimo 5 meses. Foram estimadas a massa corporal, estatura, dobras cutâneas, perimetrias e mensurada a composição corporal, com o auxílio de instrumentos de avaliação assim como um programa desenvolvido no programa Excel-2013 para calcular as equações de predição a partir dos dados coletados. Foi utilizada uma escala de silhuetas, e perguntado aos avaliados: qual silhueta melhor representa sua imagem corporal atual, (SA)? E qual silhueta é considerada como ideal, (SI)? O nível de insatisfação foi determinada a partir da diferença entre SI e SA. Em relação a amostra em sua maioria apresentaram (%G) dentro do que é recomendado pela Organização Mundial da saúde (1997), 16,03 para os homens e 25,68 nas mulheres, mesmo assim o nível de insatisfação quanto a (IC) foi muito elevado (87,78%). O grupo feminino apresentou maiores níveis de %G assim como da insatisfação da IC. Sendo que para os homens quanto maior o %G maior é o nível de insatisfação da IC. Da forma que houve apenas para os homens boas relações entre o %G e insatisfação da imagem corporal ou seja, r=0,5 p=0,0004.pt_BR
dc.format.extent58 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofEducação Fisica e Esporte - Pedra Brancapt_BR
dc.subjectPercentual de gordurapt_BR
dc.subjectImagem corporalpt_BR
dc.subjectInsatisfação corporalpt_BR
dc.titleRelação entre variáveis da composição corporal e de percepção da autoimagem em praticantes de exercício físico em academiaspt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons