Show simple item record

dc.contributor.advisorSerratine, Ana Claudina Prudêncio
dc.contributor.authorLocks, Lindsay
dc.coverage.spatialTubarãopt_BR
dc.date.accessioned2017-10-23T20:15:56Z
dc.date.available2017-10-23T20:15:56Z
dc.date.issued2012
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/3588
dc.descriptionThe surgical antisepsis is important in maintaining the sterile surgical field. The present study examined of three products for surgical antisepsis, as its immediate effectiveness and its influence on bacteria growth of the hands while wearing surgical gloves for 20, 40 and 60 minutes. After degermation the hands of dental students 21 was used 70% ethanol, PovidoneIodine to 10% and 2% chlorhexidine, for one minute in the form of immersion. Each subject participated in the sample of nine tests. Antiseptics were tested three times, according to the usage time of the surgical gloves. The microbiota of the hands of the subjects was assessed beforehand hygiene, after the immediate use of antiseptic and surgical gloves to determine changes in quality and quantity of bacteria on the hands. Prior to surgical antiseptic were found resident bacteria Staphylococcus epidermidis, Staphylococcus saprophyticus, Staphylococcus aureus and Escherichia coli, bacteria transient. The use of antiseptics eliminated transient bacteria and reduced the amount of bacteria present in the hands of residents significantly (p 0.05). It follows that all tested antiseptics may be used in pre surgical hand hygiene.pt_BR
dc.description.abstractA antissepsia cirúrgica é importante na manutenção da assepsia do campo operatório. Este estudo avaliou o desempenho de três produtos para antissepsia cirúrgica, quanto a sua eficácia imediata e sua influência no crescimento bacteriano das mãos durante o uso de luvas cirúrgicas por 20, 40 e 60 minutos. Após a degermação das mãos de 21 acadêmicos de Odontologia, foi utilizado o álcool etílico a 70%, o PVP-I a 10% e a clorexidina a 2%, durante um minuto sob a forma de imersão. Cada sujeito da amostra participou de nove testes. Os antissépticos foram testados três vezes, de acordo com o tempo de uso das luvas cirúrgicas. A microbiota das mãos dos sujeitos foi avaliada antes da higienização das mãos, após o uso imediato do antisséptico e das luvas cirúrgicas para determinar as mudanças na qualidade e quantidade das bactérias presentes nas mãos. Antes da antissepsia cirúrgica foram encontradas as bactérias residentes Staphylococcus epidermidis, Staphylococcus saprofíticos, Staphylococcus aureus e as bactérias transitórias Escherichia coli. O uso dos antissépticos eliminou as bactérias transitórias e reduziu a quantidade de bactérias residentes presentes nas mãos de forma significativa (p0,05). Conclui-se que todos os antissépticos testados podem ser utilizados na higienização pré cirúrgica das mãos.pt_BR
dc.format.extent70 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofPrograma de Pós-Graduação em Ciência da Saúdept_BR
dc.subjectAntissepsiapt_BR
dc.subjectHigienização de mãos pré cirúrgicapt_BR
dc.subjectÁlcool etílicopt_BR
dc.subjectClorexidinapt_BR
dc.subjectPVP-Ipt_BR
dc.titleInfluência da antissepsia no crescimento bacteriano nas mãos durante o uso de luvas cirúrgicaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons