Mostrar registro simples

dc.contributor.advisorAlberton, Keila Comelli
dc.contributor.authorPeraro, Natália
dc.coverage.spatialTubarãopt_BR
dc.date.accessioned2017-12-06T12:33:36Z
dc.date.available2017-12-06T12:33:36Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/3873
dc.descriptionThis is a monographic work, a requirement for completion of the coellege of law. The present research has the objective of analyzing the occurrence of marriages in which, at least one of the parties, is a child or adolescent, as well as its causes, in the municipality of Urussanga, between the years 2010 and 2016. In addition, in terms of the exploratory level, which aims to achieve greater familiarity with the theme. The approach was the quantitative one that promotes studies from information collected from a group of people, regarding the problem studied. The data collection was done by bibliographic and documentary, and the data collection took place inside the registry of Urussanga, and then a questionnaire was applied with the participants of the research. The research showed that Brazil does not follow the countries that have higher child marriage rates than its own, and the region surveyed has shown different results from the other regions targeted by other surveys, due to its differentiated economic and social condition.pt_BR
dc.description.abstractA presente pesquisa tem o objetivo de analisar a ocorrência de casamentos em que, pelo menos uma das partes, seja criança ou adolescente, bem como as suas causas, no município de Urussanga, entre os anos de 2010 e 2016. Ademais, neste trabalho foi empregado, quanto ao nível, exploratório, que visa alcançar maior familiaridade com o tema. A abordagem foi a quantitativa, que promove estudos a partir de informações coletadas de um grupo de pessoas, com relação ao problema estudado. Já a coleta de dados se deu por meio bibliográfico e documental, sendo que o levantamento de dados ocorreu dentro do cartório de Urussanga, e em seguida foi aplicado um questionário com os participantes da pesquisa. A pesquisa mostrou que o Brasil não segue os países que possuem índices de casamento infantil mais elevados, e que na região pesquisada, se tem mostrado resultados diferentes das demais regiões alvo de outras pesquisas, em razão da sua condição econômica-social diferenciada.pt_BR
dc.format.extent97pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofDireito - Tubarãopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectCasamentopt_BR
dc.subjectCriançaspt_BR
dc.subjectAdolescentespt_BR
dc.titleCasamento na Infância e Adolescência: uma análise no município de Urussanga entre os anos de 2010 e 2016pt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaCiências Sociais Aplicadaspt_BR


Arquivos deste item

Thumbnail
Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Exceto quando indicado o contrário, a licença deste item é descrito como Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons