Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Ricardo Mendes da
dc.contributor.authorRocha, Douglas Heidemann
dc.contributor.authorBotega, Raul Rodrigues
dc.coverage.spatialTubarãopt_BR
dc.date.accessioned2017-12-11T23:18:13Z
dc.date.available2017-12-11T23:18:13Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/4102
dc.descriptionOn October 16, 2016, in Tubarão - SC, there was a frontal and convective system of high magnitude (storm), where there was great damage to houses and sheds. From the data provided by the civil defense, more than 150 companies had their activities interrupted or gone bankrupt, due to the great damages caused by the storm. Therefore, the present study had the purpose of evaluating the main factors that were related to the accidents in sheds caused by the wind action. Through an exploratory case study, we conducted interviews with owners or managers of the industrial sheds, being collected data of 22 buildings in the city of Tubarão. For the comparative effect between the event and the NBR-6123, two sheds were calculated where the loads generated by the storm data and isopleths to the region according to NBR 6123 were analyzed. For the determination of wind speeds and directions of the storm, Engie made available the data obtained in the anemometer during the storm, after calculations and corrections the maximum burst reached 50 m/s (180 km/h), at 10 meters high, being compatible with the observed damages according to the bibliographies. For comparative purposes, the wind from the storm caused a 24% increase in load when compared to the wind of the NBR 6123 isopleths. The results show that 3 sheds were damaged by objects thrown by the wind, and there damage were limited to the roof tile. The aerodynamic factor and external pressure caused almost complete shattering and in some cases damage to the roof structures in 8 sheds, however, 2 sheds presented greater damage due to a possible bracing deficiency. Finally, internal overpressure was the factor that was present in 9 buildings that occur the greatest damages, being provoked by the rupture of the main openings to windward, which allowed internal overpressure and external suction pressure to make great efforts. In general, the work evidenced the need to dimension with greater accuracy the openings of large areas in the windward, and the correct evaluation of the characteristics of the wind and the terrain for an efficient calculation of the loads.pt_BR
dc.description.abstractNo dia 16 de outubro de 2016, em Tubarão – SC houve a passagem de um sistema frontal e convectivo de magnitude elevada (tempestade) onde houve grandes prejuízos para casas e galpões. A partir dos dados disponibilizados pela defesa civil, mais de 150 empresas tiveram suas atividades interrompidas ou vieram a falência, devido à grandes prejuízos causados pela tempestade. Dessa forma, o presente trabalho teve a intuito de avaliar os principais fatores que estiveram relacionado aos acidentes em galpões provocado pela ação do vento. Através de um estudo de caso de nível exploratório, realizamos entrevistas a proprietários ou responsáveis pelos galpões, sendo que foram levantadas 22 edificações na cidade de Tubarão. Para efeito comparativo entre o evento e a NBR-6123, foi analisado dois galpões onde se calculou as cargas geradas pelos dados da tempestade e isopletas para região conforme NBR 6123/1988. Para a determinação das velocidades e direções do vento da tempestade, a empresa Engie disponibilizou os dados obtidos no anemômetro durante a tempestade, após cálculos e correções a máxima rajada chegou a 50 m/s (180 km/h), a 10 metros de altura, sendo compatível com os danos observados conforme as bibliografias. Para efeito comparativo, o vento da tempestade provocou um aumento de carga em 24%, quando comparados com o vento das isopletas da NBR 6123/1988. Os resultados obtidos demonstram que apenas 3 galpões tiveram seus danos apenas concentrados nos telhados, como telhas quebradas ou objetos vindos de outras edificações e que provocaram danos. O fator aerodinâmico e pressão externa, provocou destelhamentos quase por completo e em alguns casos danos nas estruturas da cobertura em 8 galpões, porém dentre estes, 2 galpões apresentaram maiores danos devido a uma possível deficiência de contraventamento. Por final, a sobrepressão interna foi o fator que esteve presente em 9 edificações que ocorrem os maiores danos, sendo provocado pelo rompimento das aberturas principais a barlavento, que possibilitou a sobrepressão interna e pressão de sucção externa realizarem grandes esforços. De forma geral o trabalho evidenciou a necessidade de dimensionar com uma maior precisão as aberturas de grandes áreas no barlavento, e a correta avaliação das características do vento e do terreno para um cálculo eficaz dos carregamentos.pt_BR
dc.format.extent96 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofEngenharia Civil - Tubarãopt_BR
dc.rightsAttribution 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/3.0/br/*
dc.subjectAerodinâmica de estruturaspt_BR
dc.subjectAcidentes em galpõespt_BR
dc.subjectAcidentes provocados pelo ventopt_BR
dc.titleEstudos dos acidentes em galpões ocorridos pela ação do vento: avaliação dos danos ocorrido na tempestade de 16 de outubro de 2016 em Tubarão - SCpt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaEngenhariaspt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons