Show simple item record

dc.contributor.advisorNascimento, Kellen Borba
dc.contributor.authorPedroso, Núbia
dc.coverage.spatialPalhoçapt_BR
dc.date.accessioned2017-12-13T14:33:32Z
dc.date.available2017-12-13T14:33:32Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/4271
dc.descriptionTo achieve the beauty pattern the woman undergoes a series of sacrifices such as diets, medications, exercises and surgical interventions, in an attempt to maintain a good aesthetic appearance. This study is a descriptive bibliographical review with qualitative analysis. The need to investigate the application of new therapies for fibrous geloid edema (EGF) stems from the increased demand for its treatment. The FEG, popularly known as cellulitis, is considered a connective tissue disorder caused by multifactors, and it is not possible to isolate each of the factors that contribute to the appearance. The objective of the research was to review through scientific articles the aspects of the EGF, as well as the benefits of treatment through endermology. We selected articles on the subject in the Scielo database that presented a full text in Portuguese. It was observed the benefits of this technique for the treatment of EGF facilitating tissue nutrition by improving blood and lymphatic circulation, improving body contour and adipose tissue mobility, reducing the appearance of cellulite, and favoring neurovascularization of collagen fibers. The combined action of negative pressure (vacuum) and massaging proposes a progressive tissue defibulation, epidermal tone regeneration by stimulation of fibroblasts.pt_BR
dc.description.abstractPara alcançar o padrão de beleza a mulher submete-se a uma série de sacrifícios como dietas, medicamentos, exercícios e intervenções cirúrgicas, na tentativa de manter uma boa aparência estética. Este estudo trata-se de uma revisão bibliográfica descritiva com análise qualitativa. Foi realizado levantamento bibliográfico na base de dados Scielo e selecionado 5 artigos que apresentavam texto completo, em português. A necessidade de investigar a aplicação de novas terapias para o tratamento do fibro edema gelóide(FEG) decorre do aumento da procura para seu tratamento. O FEG conhecido popularmente como celulite é considerada uma afecção do tecido conjuntivo ocasionada por multifatores, não sendo possível isolar cada um dos fatores, que contribuem para o aparecimento. O objetivo da pesquisa foi revisar através de artigos científicos os aspectos do FEG, bem como os benefícios do tratamento através da endermologia. Foi observado nos artigos analisados os benefícios dessa técnica para o tratamento do FEG, facilitando a nutrição tecidual na melhora da circulação sanguínea e linfática, melhora do contorno corporal e a mobilidade do tecido adiposo, redução da aparência da celulite. Os resultados evidenciaram que a endermologia é muito utilizado para o tratamento do FEG, alguns autores indicam associações terapêuticas como Ultra-som, radiofrequência, pressoterapia e correntes dinâmicas possibilitando assim resultados mais satisfatórios.pt_BR
dc.format.extent14 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofTecnologia em Cosmetologia e Estética - Pedra Brancapt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectEndermologiapt_BR
dc.subjectFibro edema geloidept_BR
dc.titleA eficácia da endermologia no tratamento do fibro edema gelóide: revisão bibliográficapt_BR
dc.title.alternativeEfficacy of endermology in the treatment of fibro edema gelóide: bibliographical reviewpt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons