Show simple item record

dc.contributor.advisorNunes, Jean Costa
dc.contributor.authorLaitart, Alessandra
dc.coverage.spatialNeuropathology and applied neurobiology journalpt_BR
dc.date.accessioned2017-12-14T17:22:12Z
dc.date.available2017-12-14T17:22:12Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/4323
dc.description.abstractObjetivos O conhecimento sobre o microambiente tumoral e a interação neoplásica com as células inflamatórias permanece pouco elucidado, apesar dos recentes estudos sobre imunoterapias no tratamento de neoplasias primárias. Neste estudo, investigamos a existência da associação entre a resposta linfocitária e a atividade proliferativa em neoplasias primárias do SNC. Também foi investigada a relação entre a concentração linfocitária tecidual entre as diferentes categorias da classificação da OMS. Métodos Foram avaliados 80 casos classificados como neoplasias primárias do SNC, oriundos de centro de referência e diagnosticados entre 2011 e 2015. Foram obtidas as concentrações teciduais de TILs CD45+, CD8+ e CD20+ e os marcadores de atividade proliferativa foram estimados pelo marcador Mib-1 (Ki67) e pela atividade mitótica. A densidade vascular e graduação tumoral também foram analisadas. Resultados Não foi encontrada associação entre os marcadores de proliferação e a concentração de TILs CD45+, CD20+ e CD8+. Foram observadas distintas concentrações de TILs CD8+ entre os tumores dos graus I e III, sendo menor nos tumores de alto grau. Houve uma maior concentração vascular em graus tumorais elevados. Não foram observadas diferenças entre TILs CD45+ e CD20+ nas diferentes categorias da classificação da OMS. Conclusão Neste estudo foi encontrada uma diferença significativa entre a concentração de TCD8+ nas categorias da classificação da OMS. Embora a relevância clínica deste achado permaneça obscura, evidências científicas atuais sugerem estreitas relações entre o sistema imune e tumores primários do SNC; entretanto, novos estudos serão necessários para elucidação dos mecanismos subjacentes e inferências sobre implicações prognósticas e terapêuticas.pt_BR
dc.format.extent20 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofMedicina - Pedra Brancapt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectGliomapt_BR
dc.subjectImunoterapiapt_BR
dc.subjectLeucócitospt_BR
dc.subjectLinfócitos infiltrantes de tumorpt_BR
dc.subjectMicroambiente tumoralpt_BR
dc.subjectNeoplasias do sistema nervoso centralpt_BR
dc.subjectTumores cerebrais primáriospt_BR
dc.titleInfiltração por linfócitos T CD8+ e sua relação com a graduação tumoral em neoplasias primárias do sistema nervoso centralpt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons