Show simple item record

dc.contributor.advisorOstrowski, Marcelo André Rocha
dc.contributor.authorZenerato, Priscila Visnieski
dc.contributor.authorKretzer, Márcia Regina
dc.contributor.authorVietta, Giovanna Grünewald
dc.coverage.spatialRevista Arquivos Catarinenses de Medicinapt_BR
dc.date.accessioned2017-12-14T18:10:35Z
dc.date.available2017-12-14T18:10:35Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/4337
dc.descriptionIntroduction: The calcaneal fracture is very serious and difficult to handle, being considered a great orthopedic challenge due to its numerous poor results, frequently presenting complications. Objectives: To analyze the factors involved in the prevalence of complications following a calcaneal fracture. Methods: A cross-sectional study involving 99 patients with calcaneal fracture treated at a reference hospital in Greater Florianópolis. Data collection was done through an electronic medical record. Chi-square and Fisher's exact test were used, p ≤ 0.05, Prevalence Ratio with 95% CI. Work approved by the Ethics Committee of UNISUL. Results: It was observed that 84.8% of the patients were males and 69.2% had professions of risk for trauma, with a prevalence of complications in 54.4% of the patients, with the main predictive factors being the time to treatment ≥ 7 days with 1.8 times greater risk, surgical treatment with 66.7% of complications and the hospitalization time ≥ 15 days in 70.2%. Conclusion: A high prevalence of complications was identified, mainly among males and among workers involved in construction, with residual chronic pain being the main sequel found. As predictive factors were identified aspects related to late diagnosis of the fracture and subsequent definition of the conduct, surgical treatment and length of stay longer than 2 weeks. No associations were found between pre-existence comorbidities, alcoholism or smoking and the prevalence of complications.pt_BR
dc.description.abstractIntrodução: A fratura de calcâneo é muito grave e de difícil tratamento, sendo considerada um grande desafio à ortopedia devido aos inúmeros maus resultados, frequentemente apresentando complicações. Objetivos: Analisar os fatores envolvidos na prevalência de complicações após uma fratura de calcâneo. Métodos: Estudo transversal que incluiu 99 pacientes vítimas de fratura de calcâneo atendidos em um hospital público de referência da Grande Florianópolis. A coleta de dados foi realizada através de prontuário eletrônico. Foi utilizado Qui-quadrado ou Prova Exata de Fisher, p ≤ 0,05, Razão de Prevalência com IC 95%. Trabalho aprovado pelo Comitê de Ética da UNISUL. Resultados: Observou-se que 84,8% dos pacientes eram do sexo masculino e 69,2% exerciam profissões de risco para traumas, com prevalência de complicações em 54,4% dos pacientes, sendo os principais fatores preditivos envolvidos o tempo até o tratamento ≥ 7 dias com 1,8 vezes maior risco, o tratamento cirúrgico com 66,7% de complicações e o tempo de internação ≥ 15 dias em 70,2% de casos. Conclusão: Foi identificada alta prevalência de complicações, principalmente entre o sexo masculino e entre trabalhadores envolvidos com a construção civil, sendo a dor crônica residual a principal sequela encontrada. Como fatores preditivos, foram identificados aspectos relacionados ao tempo tardio para diagnóstico da fratura e posterior definição da conduta, ao tratamento cirúrgico e ao tempo de internação prolongado, superior a 2 semanas. Não foram encontradas associações entre existência de comorbidades, etilismo e tabagismo com a prevalência de complicações.pt_BR
dc.format.extent15 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofMedicina - Pedra Brancapt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectCalcâneopt_BR
dc.subjectFraturas ósseaspt_BR
dc.subjectComplicaçõespt_BR
dc.subjectComplicações pós-operatóriaspt_BR
dc.subjectAssociaçãopt_BR
dc.titleFatores preditivos para complicações nas fraturas de calcâneopt_BR
dc.title.alternativePredictive factors for complications in calcaneal fracturespt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons