Mostrar registro simples

dc.contributor.advisorFarias, Deisi Scunderlick Eloy de
dc.contributor.authorSilva, Maria Madalena Martins da
dc.coverage.spatialTubarãopt_BR
dc.date.accessioned2018-04-24T11:40:13Z
dc.date.available2018-04-24T11:40:13Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/4821
dc.descriptionThe municipality of Sombrio in the extreme south of Santa Catarina state, left in its coastal landscape, an important cultural legacy built since pre-colonial times until the colonial period, with the arrival of the first european immigrants. Part of this patrimony is represented in the buildings and mosaics on the boardwalk of the municipality. It is also present in the memory of the old, whose narrative obtained through the methodology of Oral History, brought to the fore elements mnemonics individual and collective, that border and build a local history. The interlocking of dreams, stories and narratives of the old with the Material and Immaterial Patrimony established by the public power of Sombrio, made it possible to give visibility to a hybrid culture, dynamic and at the same time liquid and permanent, according to the paradigms of postmodernity. To understand how was this culture, the research guided in the investigation, through the methodology of oral history, about the heritage represented in the monuments exhibited in the promenade of the Sombrio, from the tiles up to the monuments built, in order to understand if these manifestations were a part of the universe mnemonic of the old. We start from the premise that the elements of the cultural heritage highlighted by the public power, have their root in a past consolidated by the memory of the oldest. For this, it conducted a field survey and documentary, where he sought to understand in depth, what were these elements. The interviews enabled a vision is differentiated and individualized from the heritage place, without, however, losing the notion of collectivity, that was behind each narrative presented, which portrayed a time in the past, bathed in this. As a result be found that the material and immaterial heritage established by the public power of Sombrio, integrates the memory of old people of that locality. The search qualified and expanded on the importance of memory and identity, which are highlighted through the language and culture of a society, in the construction, re-signification and valorization of the cultural heritage site.pt_BR
dc.description.abstractO município de Sombrio, no extremo sul de Santa Catarina, guarda em sua paisagem litorânea, um importante legado cultural construído desde tempos pré-coloniais, até o período colonial, com a chegada dos primeiros imigrantes europeus. Parte desse patrimônio está representado nas edificações e mosaicos no calçadão do município. Também está presente na memória dos velhos, cuja narrativa obtida por meio da metodologia da História Oral, trouxe à tona elementos mnemônicos individuais e coletivos, que margeiam e constroem uma história local. O Intercruzamento de sonhos, histórias e narrativas dos velhos com o Patrimônio Material e Imaterial estabelecido pelo poder público de Sombrio, possibilitou dar visibilidade a uma cultura híbrida, dinâmica e ao mesmo tempo líquida e permanente, conforme os paradigmas da pós-modernidade. Para entender como se constitui essa cultura, a pesquisa se pautou na investigação, por meio da metodologia da história oral, sobre o patrimônio representado nos monumentos expostos no calçadão de Sombrio, desde os mosaicos até os monumentos edificados, afim de entender se essas manifestações faziam parte do universo mnemônico dos velhos. Partiu-se da premissa que os elementos do patrimônio cultural ressaltados pelo poder público, teriam sua raiz em um passado consolidado pela memória dos mais antigos. Para isso, realizou-se um levantamento de campo e documental, onde se buscou compreender com profundidade, quais eram esses elementos. As entrevistas possibilitaram uma visão diferenciada e individualizada do patrimônio local, sem no entanto, perder a noção de coletividade, que estava por trás de cada narrativa apresentada, que retratou um tempo passado, banhado de presente. Como resultado ser verificou que o patrimônio material e imaterial estabelecido pelo poder público de Sombrio, integra a memória dos velhos daquela localidade. A pesquisa qualificou e ampliou a importância da memória e da identidade, que são ressaltadas por meio da linguagem e da cultura de uma sociedade, na construção, ressignificação e valorização do patrimônio cultural local.pt_BR
dc.format.extent136 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofPrograma de Pós-Graduação em Ciências da Linguagempt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectHistória oralpt_BR
dc.subjectNarrativa do velhopt_BR
dc.subjectPatrimônio culturalpt_BR
dc.subjectMaterial e imaterialpt_BR
dc.titleA lembrança como linguagem: intercruzando sonhos, memórias e histórias na narrativa dos velhospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.areaLinguística, Letras e Artespt_BR


Arquivos deste item

Thumbnail
Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Exceto quando indicado o contrário, a licença deste item é descrito como Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons