Show simple item record

dc.contributor.advisorFarah, Camel André de Godoy
dc.contributor.authorCunha, Dalton Bokliang Ang
dc.coverage.spatialPalhoça-SCpt_BR
dc.date.accessioned2018-06-07T14:58:58Z
dc.date.available2018-06-07T14:58:58Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/4906
dc.descriptionOver recent years, criminal organizations have significantly increased the number of attacking ATMs with explosives. The Brazilian Army, through the Controlled Product Inspection Division, is responsible for the inspection of these artifacts. In order to do so, it uses the capillarity of this structure, with more than 300 (three hundred) Military Organizations in the country, as well as the legislation that supports the activity, to carry out operations to inspect the life cycle of explosives, aiming to reduce the use of these artifacts by criminal organizations. In recent years, the number of companies inspected even doubled and several operations were done. These operations took place in an interagency environment, under the coordination of the Operations Control Center and with the main participation of the Military Police, Civil Police and Brazilian Army. In this context, the Intelligence Activity of Public Security has the possibility to permanently gather data and information to contribute to the operations of inspection and, such possibilities remain the general objective of the present article.pt_BR
dc.description.abstractNos últimos anos, as organizações criminosas tem aumentado significativamente o número de ataque a caixas eletrônicos com o uso de explosivos. O Exército Brasileiro, por meio da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados, é o responsável pela fiscalização destes artefatos. Para tal, utiliza-se da capilaridade desta estrutura, com mais de 300 (trezentas) Organizações Militares no país, bem como da legislação que ampara a atividade, para realizar Operações de Fiscalização do ciclo de vida dos explosivos, tudo com o intuito de coibir o uso destes artefatos pelas organizações criminosas. Nos últimos anos, o número de empresas fiscalizadas mais que dobraram e diversas operações foram desencadeadas. Estas operações ocorrem em um ambiente interagências, sob coordenação de um Centro de Controle de Operações e com participação principal da Polícia Militar, Polícia Civil e Exército Brasileiro. Neste contexto, a Atividade de Inteligência de Segurança Pública tem a possibilidade de buscar permanentemente dados e informações para contribuir com as operações de fiscalização, possibilidades estas, que são o objetivo geral desta monografia.pt_BR
dc.format.extent38 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofInteligência de Segurança - Unisul Virtualpt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectProdutos controladospt_BR
dc.subjectExplosivospt_BR
dc.subjectInteligênciapt_BR
dc.subjectFiscalizaçãopt_BR
dc.titleA atividade de inteligência de segurança pública em apoio a fiscalização de explosivos pelo exércitopt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaCiências Sociais Aplicadaspt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons