Show simple item record

dc.contributor.advisorAlberton, Keila Comelli
dc.contributor.advisorAlberton, Keila Comelli
dc.contributor.authorDemétrio, Marcella Mendonça
dc.contributor.authorDemétrio, Marcella Mendonça
dc.coverage.spatialTubarãopt_BR
dc.date.accessioned2018-07-04T23:33:27Z
dc.date.available2018-07-04T23:33:27Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/5109
dc.descriptionThe present work has the purpose of demonstrating the practice of programmed obsolescence in consumer relations and how the Consumer Defense Code is silent regarding this practice. As to the approach was used the deductive method, the procedure was bibliographic, based on the study of laws, articles, jurisprudence and doctrine. Through this study, it was verified that the practice of programmed obsolescence is an artifice used by the supplier of products and services to the detriment of the consumer, which is a vulnerable part of the consumption relationship, besides, it was also found that this practice causes great impacts environmental, because as a result of excessive consumerism is produced a large amount of electronic waste that does not have correct disposal. Finally, it is concluded that in order to reduce the number of cases of programmed obsolescence, a relationship of conscious consumption should occur, without the supplier taking advantage of the consumer's vulnerability and not being led by proposals for products and services that do not are useful at the time, buying only what is necessary, in addition, there should be greater oversight of the competent bodies for the analysis of the useful life of the products and if the correct information is being demonstrated to the consumer.pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho tem por finalidade demonstrar a prática da obsolescência programada nas relações consumeristas e como o Código de Defesa do Consumidor é omisso em relação a esta prática. Quanto à abordagem foi utilizado o método dedutivo, o procedimento foi bibliográfico, tendo como base o estudo de leis, artigos, jurisprudência e doutrina. Por meio deste estudo, verificou-se que a prática da obsolescência programada é artifício utilizado pelo fornecedor de produtos e serviços em desfavor do consumidor, que é parte vulnerável da relação de consumo, além de disso, também se constatou que esta prática causa grandes impactos ambientais, pois em decorrência do consumismo excessivo é produzida grande quantidade de lixo eletrônico que não possui descarte correto. Por fim, conclui-se que para ocorrer à diminuição dos casos de obsolescência programada deverá ocorrer uma relação de consumo consciente, sem que o fornecedor tire proveito da vulnerabilidade do consumidor e que o mesmo não se deixe levar por propostas de produtos e serviços que não sejam úteis naquele momento, comprando apenas o necessário, além disso, deverá haver maior fiscalização dos órgãos competentes para a análise de vida útil dos produtos e se as informações corretas estão sendo demonstradas ao consumidor.pt_BR
dc.format.extent47 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofDireito - Tubarãopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectObsolescência programadapt_BR
dc.subjectVulnerabilidade consumidorpt_BR
dc.subjectCódigo de defesa do consumidorpt_BR
dc.titleA vulnerabilidade do consumidor ante a obsolescência programada e a omissão do Código de Defesa do Consumidor para combater esta práticapt_BR
dc.title.alternativeThe vulnerability of consumers to programmed obsolescence and the omission of the Consumer Defense Code to combat this practicept_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaCiências Sociais Aplicadaspt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons