Show simple item record

dc.contributor.advisorNunes, Daniel Holthausen
dc.contributor.authorNunes de Souza, Rodrigo
dc.coverage.spatialRiunipt_BR
dc.date.accessioned2018-07-09T19:08:09Z
dc.date.available2018-07-09T19:08:09Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/5300
dc.descriptionBackground: KS is the leading AIDS defining neoplasm in HIV Infected individuals worldwide. The prevalence of KS is 2.4% among all AIDS patients in Brazil. SK was shown to be more prevalent in HIV (+) men. Among these, the KS focuses preferentially on homosexuals / bisexuals. Objective: To evaluate the epidemiological profile of patients with Kaposi's sarcoma and HIV and the associated factors. Method: A cross-sectional study with 251 patients diagnosed with HIV and KS between 2000 and 2016 through the SINAN-AIDS reporting / investigation form. Significance level of p <0.05 and 95% confidence interval. Results: Chance of acquiring KS among men with homosexual intercourseis 9.5 times higher compared to women. Regarding the CD4 lymphocyte level <350, there was no difference between both genders. The chance of getting KS is 2.4 times greater in women Who knew of the partner's condition. The probability of acquiring KS in the knowledge of the fact that the sexual partner maintains bisexual relationshipsis 1.2 times greater for the male gender. Conclusion: HVH8 transmission predominantly through sexual intercourse and the prevalence of neoplasia in homosexual men points to the need for greater attention regarding the treatment, and a better orientation on the care with the prevention of this disease among these individuals. The female population is less affected by the neoplasia, but also needs proper care and guidance by health professionals.pt_BR
dc.description.abstractFundamentos: O Sarcoma de Kaposi é a principal neoplasia definidora de AIDS em indivíduos infectados pelo HIV mundialmente. A prevalência do SK é de 2,4% entre todos os pacientes com AIDS no Brasil. O SK mostrou ser mais prevalente em homens HIV (+). Dentre esses, o SK incide preferencialmente em homens que fazem sexo com homens. Objetivo: Avaliar o perfil epidemiológico dos pacientes com sarcoma de Kaposi e HIV e os fatores associados. Método: Estudo transversal realizado com 251 pacientes diagnosticados com HIV e SK entre 2000 até 2016 em SC através da ficha de notificação/investigação SINAN-AIDS. Nível de significância de p<0,05 e intervalo de confiança de 95%. Resultados: Chance de desenvolver o SK entre os homens com relação homossexual é 9,5 vezes maior em comparação com as mulheres. Em relação ao nível de linfócitos CD4< 350, não houve diferença entre os dois gêneros. Chance de 2,4 vezes maior de desenvolver o SK em mulheres que sabiam da condição HIV (+) do parceiro. Chance de desenvolver o SK quanto ao conhecimento do fato de o parceiro sexual manter relações bissexuais é 1,2 vezes maior para o gênero masculino. Conclusão: A transmissão do HVH8 de forma predominante por via sexual e a prevalência da neoplasia em homens homossexuais aponta para a necessidade de uma maior atenção quanto ao tratamento adequando e uma melhor orientação sobre os cuidados com a prevenção dessa doença entre esses indivíduos. Apesar de população feminina ser menos acometida pela neoplasia, essa também necessita de cuidados e orientações adequadas pelos profissionais de saúde.pt_BR
dc.format.extent18 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofMedicina - Pedra Brancapt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectSarcoma de Kaposi; HIV; Fatores de Riscopt_BR
dc.titlePerfil epidemiológico dos pacientes com sarcoma de Kaposi e fatores associados em Santa Catarina de 2000 a 2016pt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons