Mostrar registro simples

dc.contributor.advisorKindermann, Conceição Aparecida
dc.contributor.authorLedur, Guilherme Reichert
dc.coverage.spatialSão Leopoldopt_BR
dc.date.accessioned2018-07-10T02:32:03Z
dc.date.available2018-07-10T02:32:03Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/5323
dc.descriptionThe purpose of this research is to understand the main physiological aspects of the human body and about the medical equipments in the aeromedical transport and, also, to identify the regulations of this air activity, specifically. The methodology used was descriptive research with a qualitative approach. As for data collection, it is a bibliographical research. It served as a basis the work of authors such as João de Carvalho Castros (2012), Thais Russomano (2012), Jorge Ilha Guimarães (2013) and Roy Dehart (1996), along with documents on the regulations of the Brazilian civil aviation. As there are still many gaps in the production of studying material about the subject, from data analysis it has been verified that when exposed to certain altitude, the following is being influenced: a) human body, hypoxia, decompression sickness and hypothermia as the main; and b) medical equipment onboard, including those on pressurized aircraft. Identification of the regulation of this activity and the main problems the human body experiences when exposed to altitude, come as a result. It is also possible to understand the reason to have electronically controlled breather and infusion bombs for flux control on required medical equipment onboard.pt_BR
dc.description.abstractEsta pesquisa tem como objetivo compreender os principais aspectos da fisiologia do corpo humano e dos equipamentos médicos embarcados durante o transporte aeromédico e, também, identificar as regulamentações que regem esta atividade aérea em específico. Como metodologia, utilizou-se a pesquisa descritiva com abordagem qualitativa. A coleta de dados foi a partir do procedimento bibliográfico e documental. Serviram como base autores como João de Carvalho Castros (2012), Thais Russomano (2012), Jorge Ilha Guimarães (2013) e Roy Dehart (1996), juntamente com documentos de regulamentação da aviação civil brasileira. Pôde-se constatar que há uma carência de pesquisas relacionadas ao tema aqui proposto, motivo pelo qual se justificou este trabalho. A partir da análise dos dados, verificou-se que, quando exposto a uma determinada altitude, sofrem influências: a) o corpo humano, destacando-se as principais como: a hipóxia, o disbarismo e a hipotermia; e b) os equipamentos médicos embarcados, mesmo em aeronaves pressurizadas. Tem-se como resultado a identificação das regulamentações que regem esta atividade bem como dos principais problemas apresentados pelo organismo quando exposto à altitude. Também é possível compreender porque o uso de respiradores controlados eletronicamente e bombas de infusão para controle de fluxo se fazem necessárias nos equipamentos médicos embarcados.pt_BR
dc.format.extent40 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofCiências Aeronáuticas - Unisul Virtualpt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectTransporte aeromédicopt_BR
dc.subjectAspectos fisiológicospt_BR
dc.subjectPacientespt_BR
dc.titleTransporte aeromédico brasileiro: estudo de aspectos relacionados à execução do transporte aeromédico de pacientespt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaEngenhariaspt_BR


Arquivos deste item

Thumbnail
Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Exceto quando indicado o contrário, a licença deste item é descrito como Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons