Show simple item record

dc.contributor.advisorCruz, Tânia Marapt_BR
dc.contributor.authorCrocetta, Renata Righetto Jungpt_BR
dc.date.accessioned2016-11-30T14:54:53Z
dc.date.available2016-11-30T14:54:53Z
dc.date.issued2014
dc.identifier1658pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/580
dc.description.abstractAs políticas afirmativas relacionadas à temática étnico-racial vêm reforçando, principalmente a partir da Lei 10.639/03, o ensino das relações étnico-raciais na educação básica e nos cursos de licenciatura. Diante dessas discussões, apresenta-se o problema de pesquisa: Como os conteúdos relacionados ao debate étnico-racial se apresentam nas ementas presentes no currículo dos cursos de licenciatura das Instituições de Ensino Superior do Sistema ACAFE? Buscando responder a este questionamento construiu-se como objetivo geral produzir uma análise sobre o modo como os conteúdos relacionados ao debate étnico-racial se apresentam nas ementas presentes no currículo dos cursos de licenciatura das Instituições de Ensino Superior do Sistema ACAFE. Como objetivos específicos destacaram-se: mapear as matrizes e ementas para localizar possíveis inserções da temática étnico-racial; compreender os elementos históricos da inserção dos conteúdos étnico-raciais nas ementas dos cursos de licenciatura das Instituições de Ensino Superior do Sistema ACAFE; e, por fim, verificar se a inserção dos conteúdos étnico-raciais relacionou-se com a Lei 10.639/03. Nessa pesquisa buscou-se trabalhar com o referencial materialista histórico dialético e com a abordagem qualitativa. Como instrumentos de pesquisa foram utilizados o método documental com levantamento de dados nos sites das instituições e agregou-se também questionários complementares com perguntas abertas junto às coordenações dos cursos analisados. O questionário permitiu cruzar os dados documentais com o relato das coordenações sobre a construção das matrizes. A partir de objetivos específicos e de leituras exaustivas sobre o material encontrado, cotejadas com autores do campo de raça/etnia e currículo em educação física, foram analisadas as matrizes curriculares dos cursos de licenciatura em educação física. Observou-se que, das 12 instituições analisadas, apenas 4 instituições (FURB, UNIFEBE, UNISUL, UNIVALI) apresentavam na Licenciatura em Educação Física disciplinas com conteúdos relativos às relações étnico-raciais. Nestes 4 cursos, foram localizadas 6 disciplinas que, direta ou indiretamente, continham nas ementas algo relacionado à temática étnico-racial. Essas disciplinas obrigatórias trazem em 3 delas referências às relações étnico-raciais e em outras 3 a temática aparece apenas nas disciplinas de capoeira. As conclusões remetem à reflexão que, apesar desse pequeno conjunto constar como parte do currículo, essas disciplinas estão desconectadas com a real função da temática, por serem realizadas de maneira superficial (inclusive de modo virtual) e em algumas delas apenas para cumprir a função legal ou atender ao Projeto Político Institucional estando completamente à margem do currículo. Mesmo quando a temática aparece nas disciplinas de capoeira, observou-se que é de modo pouco contundente, reforçando a concepção eurocêntrica de currículo historicamente presente nas licenciaturas de educação física, que apenas abre uma pequena brecha para essa inserção, mas não a inclui nas demais disciplinas e debates antropológicos. A não importância da temática racial e até mesmo a falta de maior conhecimento da temática do racismo na cultura brasileira gera lacunas na formação dos futuros professores que atuarão sem um conhecimento aprofundado das relações étnico-raciais.pt_BR
dc.description.abstractThe affirmative policies related to the racial ethnic theme are reinforcing, mainly through the 10.639/03 law, the teaching of racial ethnic relations in basic education and in graduation. In this context, the research problem is presented: How are the contents related to racial ethnic discussion presented in the graduation courses of the universities of the ACAFE system? Intending to answer this question the general aim is to produce an analysis about how the contents related to the racial ethnic debate are presented in the curriculum of the graduation courses of the ACAFE system`s universities. The main goals are: Map the matrices and the menus to locate the possible insertions of the racial ethnic theme; comprehend the historical elements of the insertion of the racial ethnic contents in the menus of the graduation courses of the ACAFE system; and, finally, check if the insertion of the racial ethnic content was related with the 10.639/03 law. In this research it was intended to work with the dialectic historical materialistic referential and with a qualitative approach. As research instruments were used the documental method with date gathering from the institutions` web sites and also questionnaires applied to the institutions` coordinators. The questionnaires allowed checking the documental dates with the coordinators` reports. From specific goals and exhaustive lectures of authors of the racial ethnic theme and physical education curricula, the curricular matrices of the physical education graduation courses were analyzed. It was noticed that among the 12 analyzed institutions, only 4 of them (FURB, UNIFEBE, UNISUL, UNIVALI) had disciplines related to the racial ethnic relations in their physical education graduation courses. In these 4 courses, 6 disciplines had in their menus something related to the racial ethnic theme. These obligatory disciplines had in 3 of them references to racial ethnic relations and in other 3 the theme is present only in the discipline of capoeira. The conclusion takes to the reflection that although this small set is part of the curriculum, these disciplines are not connected to the theme real function, once they are treated superficially (including virtually) and in some cases only to attend to their legal function or to the institution`s politic project. Even when the theme appears in the capoeira discipline, it was observed to be in a little scathing manner, reinforcing the Eurocentric historical conception of curriculum of the physical education graduation courses, which leave little space for these insertions, but do not include in other disciplines and anthropologic debates. The lack of importance of the racism theme in Brazilian culture leaves gaps in the formation of the future teachers that will act without a deep knowledge of the racial ethnic relation.en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEducação física - Currículospt_BR
dc.subjectRelações raciaispt_BR
dc.subjectRelações étnicaspt_BR
dc.subjectEnsino superiorpt_BR
dc.titleAs relações étnico-raciais nos currículos dos cursos de licenciatura em educação física das instituições de ensino superior do sistema ACAFEpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.isReferencedByDissertação (mestrado)pt_BR
dc.hasPart109800_Renata.pdfpt_BR
dc.subject.areaCiências Humanaspt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons