Show simple item record

dc.contributor.advisorCaron, Cintia Vieira
dc.contributor.authorFerreira, Carolina Rudolf
dc.coverage.spatialPalhoçapt_BR
dc.date.accessioned2019-03-11T12:19:28Z
dc.date.available2019-03-11T12:19:28Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/6892
dc.description.abstractA dor lombar é um dos problemas mais comuns enfrentados pelos países industrializados e aumentam os custos para os sistemas nacionais de saúde e bem-estar em termos de diagnósticos, tratamentos e absentismo ocupacional. Os fatores associados a dor lombar são: sexo, tabagismo, excesso de peso, classe social, prática de atividade física ou demanda laboral. A dor lombar pode ser tratada com a eletroacupuntura(EA).O efeito e aplicabilidade clínica da EA variam conforme a escolha da forma de onda, intensidade, duração e direção do fluxo da corrente sobre o tipo de tecido aplicado. A EA analisa a etiologia, sintomatologia, área afetada, grau de sensibilidade, na qual alterará o diâmetro da agulha, a profundidade, a intensidade do estímulo e o tempo necessário das intervenções. Os acupontos de Jiaji estão localizados nos processos espinhosos bilaterais da coluna lombar, 5mm lateral da linha média posterior em animais (coelhos). O nervo ciático e o plexo lombo sacral estão localizados abaixo desses pontos de acupuntura. Uma vez que a conectividade adequada nos circuitos espinhais e a integração do sistema nervoso periférico também são fatores importantes na regeneração nervosa, a EA pode ajudar a facilitar a regeneração do nervo ciático após a lesão nervosa por meio da estimulação do nervo ciático e do plexo lombo sacral. A EA estimula peptídeos opioides endógenos no sistema nervoso central para produzir um efeito analgésico. Diferentes neuropeptídeos são lançados pela EA em diferentes frequências (Hz) de impulso elétrico. A 2 Hz, a EA acelera a liberação de encefalina, beta-endorfina e endorfina. A 100 Hz aumenta seletivamente a liberação da dinorfina. Combinando e alternando as duas frequências de impulso produz uma libertação simultânea dos quatro peptídeos opioides, resultando em efeitos terapêuticos máximos de redução do quadro álgico. Verificar, por meio de uma revisão integrativa, os efeitos da EA no tratamento da dor lombar não específica. MÉTODO:Revisão integrativa com artigos de ensaios clínicos, estudos de casos e estudos pilotos realizados com a EA das bases de dados: pubmed, scielo, Google acadêmico, LILACS e MEDLINE. As palavras-chave foram: eletroacupuntura, eletroacupuncture, dor lombar, lombalgia, dor lombar crônica, dor lombar não específica, lombalgia não específica, dor lombar crônica não específica, chroniclowbackpain, painlowback, e similares, em português e inglês, entre 2010-2018. Foram excluídas pesquisas experimentais em animais, com tratamentos coadjuvantes a EA, e artigos de revisão.pt_BR
dc.format.extent15 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofNaturologia - Pedra Brancapt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectLombalgiapt_BR
dc.subjectEletroacupunturapt_BR
dc.subjectNaturologiapt_BR
dc.titleOs efeitos da Eletroacupuntura no tratamento da dor lombar crônica não específica - uma revisão integrativapt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons