Show simple item record

dc.contributor.advisorFelipe, Luciana Flôr Correa
dc.contributor.authorRibeiro, Marcelo Martins
dc.coverage.spatialPalhoça - SCpt_BR
dc.date.accessioned2019-04-04T12:49:42Z
dc.date.available2019-04-04T12:49:42Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/6985
dc.descriptionThe objective of this article is to analyze the organic safety in the Military Fire Brigade of Maranhão - CBMMA and from the results obtained, propose a planning, aiming at strengthening the protection of the assets of its units. Research indicates that the Brazilian Fire Brigade is among the most credible institutions for the social body, but it is possible to identify some weaknesses, despite the doctrine that advocates security aspects directed to the public security intelligence organs. In this sense, we used a descriptive, qualitative, exploratory, non-experimental approach, which was operationalized through interviews with military personnel belonging to intelligence agencies of other institutions: Brazilian Army, Brazilian Air Force and Military Police of Maranhão . The security plans of these institutions were also analyzed. Current conceptions of the Intelligence Activity were also addressed, especially the Military Firefighter Intelligence in organic security, since it aims to maintain the proper functioning of the Institution. Briefly, the results of the study demonstrated the lack of planning for organic security, which can lead to disastrous damage to the Institution, so it is important to emphasize that it is essential and necessary to implement it.pt_BR
dc.description.abstractO objetivo do presente artigo é analisar a segurança orgânica no Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão – CBMMA e a partir dos resultados obtidos, propor um planejamento, visando o fortalecimento da proteção dos ativos de suas unidades. Pesquisas indicam que os Corpos de Bombeiros Militares do Brasil, estão entre as instituições de maior credibilidade para o corpo social, porém é possível identificar algumas fragilidades, a despeito da doutrina que preconiza aspectos de segurança direcionados aos órgãos de inteligência de segurança pública. Neste sentido, utilizamo-nos da pesquisa de abordagem descritiva, qualitativa, exploratória, não-experimental, que foi operacionalizada por meio de entrevistas junto a militares pertencentes a órgãos de inteligência de outras instituições: Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira e Policia Militar do Maranhão. Também foram analisados os planejamentos de segurança dessas instituições. Abordaram-se ainda concepções atuais da Atividade de Inteligência, com destaque para a Inteligência Bombeiro Militar na segurança orgânica, uma vez que visa manter o bom funcionamento da Instituição. Resumidamente os resultados do estudo demonstraram a falta de planejamento voltado para a segurança orgânica, o que pode acarretar danos desastrosos à Instituição, desta forma, urge frisar que se torna imprescindível e necessária a sua implantação.pt_BR
dc.format.extent27 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofGestão pública - Unisul Virtualpt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectSegurança orgânicapt_BR
dc.subjectPlanejamento de segurança orgânicapt_BR
dc.subjectAtividade de inteligênciapt_BR
dc.titlePlanejamento de desenvolvimento de segurança orgânica: uma proposta para as unidades do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhãopt_BR
dc.title.alternativeOrganic security development planning: a proposal for the Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão unitspt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.subject.areaCiências Sociais Aplicadaspt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons