Show simple item record

dc.contributor.advisorMedeiros, Marcos de Sousa
dc.contributor.authorHintz, Micheli Cristiane
dc.coverage.spatialRBGOpt_BR
dc.date.accessioned2019-04-08T18:14:54Z
dc.date.available2019-04-08T18:14:54Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/7022
dc.description.abstractObjetivo: comparar o uso de misoprostol e ocitocina na indução do trabalho de parto e seus desfechos em mulheres atendidas em um hospital de referência no sul do Brasil. Métodos: estudo transversal com gestantes que tiveram seu parto induzido no Hospital Nossa Senhora da Conceição em Tubarão-SC, no período de janeiro a dezembro de 2017. As informações foram obtidas por meio da análise dos prontuários. Resultados: Dos 3124 partos realizados no ano de 2017, 443 foram induzidos. Verificou-se que a maioria das participantes eram primíparas e a indicação de indução do parto mais prevalente foi o pós-datismo (44,6%). Destacou-se o uso de misoprostol de 25mcg via vaginal em 54% das induções, seguido do uso de ocitocina isolada 5UI em bomba de infusão utilizada em 29,3% e misoprostol associado à ocitocina em 16,7% dos casos. Sobre o desfecho da indução, 55,5% dos casos evoluíram para parto vaginal. As multíparas apresentaram uma prevalência 50% maior de utilizar a ocitocina para induzir o parto em relação às primíparas. As gestantes que tiveram o parto induzido com ocitocina isolada ou associada ao misoprostol apresentaram prevalência 17% maior de parto vaginal em comparação àquelas que utilizaram apenas misoprostol para induzir o parto. Após o início do parto induzido, aproximadamente 11% apresentaram complicação, sendo que destas, 86% foram devido ao sofrimento fetal agudo. Conclusão: a prevalência de indução foi de aproximadamente 14%. A indicação mais prevalente foi o pós-datismo. O misoprostol isolado foi o medicamento mais utilizado para a indução do trabalho de parto. Contudo, o uso de ocitocina isolada ou associada ao misoprostol se mostrou mais eficaz, sendo observado maior índice de parto vaginal nesse grupo.pt_BR
dc.format.extent36pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofMedicina - Tubarãopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectmisoprostol, trabalho de parto induzido, ocitocina, parto normal, cesárea.pt_BR
dc.titleMisoprostol e ocitocina na indução do parto em um hospital de referência no sul do Brasilpt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons