Show simple item record

dc.contributor.advisorHuber, Ana Cristina da Silva Mendes
dc.contributor.authorPereira, Leonardo da Conceição
dc.coverage.spatialTubarãopt_BR
dc.date.accessioned2019-11-26T23:34:07Z
dc.date.available2019-11-26T23:34:07Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/8360
dc.descriptionAbstract: For a change of behavior motivation is necessary, and this motivation can not be considered as a characteristic of the personality of the individual. It is a variable state, which focuses on what is considered important, at a particular time or in a specific situation. The objective of the study was to verify the prevalence of students among the different stages of behavior change of the transteórico model, identifying the prevalence of these students in each stage of behavior change, by sex, phase and age. This is a quantitative descriptive research, with an epidemiological and cross-sectional design. The sample consisted of 153 undergraduates from the Bachelor of Physical Education course, from the University of Southern Santa Catarina, Campus de Tubarão / SC. Of these, 70.6% (n = 108) were males and 29.4% (n = 45) females, with mean age of 22.0 years (SD = 5.7). The Transtheoric Behavior Change Model (MTT) of Prochaska and DiClemente (1994) was used for data collection. It was identified that, 78.4% (n = 120) students are in the maintenance stage regarding regular physical exercises. Both men and women are in the maintenance stage, with a prevalence of 68.9% (n = 31) and 82.4% (n = 89), respectively. In the phase analysis of the course, there seems to be greater practice of physical exercises in the final stages. Regarding age, students above 22 years of age presented a higher prevalence in the maintenance phase. Evaluating the regular practice of physical exercises, it was verified that 87% (n = 133) of the students are physically active. It is concluded that the students of physical education presented a state of readiness and motivation for the practice of physical exercises.pt_BR
dc.description.abstractResumo: Para que haja uma mudança de comportamento é necessária motivação, e esta motivação não pode ser considerada como uma característica da personalidade do indivíduo. Ela é um estado variável, que incide no que é considerado importante, em determinado momento ou em uma situação específica. O objetivo do estudo foi verificar a prevalência de alunos entre os diferentes estágios de mudança de comportamento do modelo transteórico, identificando à prevalência desses alunos em cada estágio de mudança de comportamento, por sexo, fase e idade. Trata-se de uma pesquisa descritiva quantitativa, com delineamento epidemiológico e corte transversal. A amostra foi composta por 153 universitários do curso de Educação Física Bacharelado, da Universidade do Sul de Santa Catarina, Campus de Tubarão/SC. Destes, 70,6% (n=108) são do sexo masculino e 29,4% (n=45) do sexo feminino, com média de idade de 22,0 anos (DP= 5,7). Para coleta de dados foi utilizado o Modelo Transteórico de Mudança de Comportamento (MTT) de Prochaska e DiClemente (1994). Identificou-se que, 78,4% (n=120) estudantes encontram-se em estágio de manutenção quanto à prática de exercícios físicos regulares. Tanto homens quanto mulheres encontram-se no estágio de manutenção, com prevalência de 68,9% (n=31) e 82,4% (n=89) respectivamente. Na análise por fase do curso, parece haver maior prática de exercícios físicos nas fases finais. Já com relação à idade, os alunos acima de 22 anos apresentaram maior prevalência na fase de manutenção. Avaliando a prática regular de exercícios físicos verificou-se que 87% (n=133) dos estudantes são ativos fisicamente. Conclui-se assim que os estudantes de Educação física apresentaram estado de prontidão e motivação para a prática de exercícios físicos.pt_BR
dc.format.extent14 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofEducação Física Bacharelado - Tubarãopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectExercíciopt_BR
dc.subjectComportamentopt_BR
dc.subjectEstudantespt_BR
dc.titleMudança de comportamento para a prática de exercício físico em universitáriospt_BR
dc.title.alternativeChange of behavior for the practice of physical exercise in collegespt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons