Show simple item record

dc.contributor.advisorParma, Gabriel Cremona
dc.contributor.authorDelpizzo, Matheus May
dc.coverage.spatialPalhoçapt_BR
dc.date.accessioned2019-12-02T20:55:19Z
dc.date.available2019-12-02T20:55:19Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/8431
dc.description.abstractA Lagoa da Conceição, em Florianópolis, Santa Catarina, estende-se da região Centro-Leste até o Norte da Ilha de Santa Catarina. Em seu entorno, encontram-se 3 principais bairros, que ao longo do tempo, e não diferente da maioria das regiões litorâneas do país, sofreram com o efeito da urbanização crescente. Por este motivo, a ocupação antrópica acelerada tornou-se cada vez mais motivo de discussão acerca dos possíveis impactos advindos deste fenômeno reconhecido na maioria das grandes cidades da costa do Brasil. Com o objetivo de avaliar as ocupações antrópicas nas áreas de preservação permanente localizadas na região da Lagoa, utilizou-se técnicas de geoprocessamento para obter o percentual de ocupação e de vegetação nativa nestas localidades, obtendo-se resultados a partir de mapas e tabelas. O estudo iniciou com o georreferenciamento das imagens orbitais dos anos 1978, 2010 e 2018, interpretando-se visualmente diferentes classes de ocupação antrópica do terreno. Posteriormente, por sobreposição das interpretações nos cortes temporais, definiram-se as diferenças – crescimentos ou decrescimentos – entre as datas consecutivas, visando, por fim, identificar a incidência de ocupação antrópica em diferentes áreas de preservação permanente, como o entorno de lagoas, cursos d’agua e nascentes, bem como em topos de morro. As ocupações antrópicas do terreno identificados neste projeto foram: Unidade Habitacional, Conjunto Habitacional, “Campo-Pastagem”, Estradas, Lagoas Artificiais e Cemitério. Finalmente, com a quantificação dessas áreas, foram feitas as tabelas e gráficos comparativos, com os quais se conseguiu identificar a magnitude das mudanças temporais, tanto em todo o entorno da Lagoa da Conceição, quanto em recortes específicos onde evidenciou-se um aumento populacional mais significativo, como o Canal da Barra e o Centro da Lagoa.pt_BR
dc.format.extent146 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofEngenharia Ambiental e Sanitária - Pedra Brancapt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectOcupação antrópicapt_BR
dc.subjectAPPpt_BR
dc.subjectGeoprocessamentopt_BR
dc.subjectAnálise espaço-temporalpt_BR
dc.titleAvaliação histórica do uso e ocupação do solo em áreas de preservação permanente nos bairros da Lagoa da Conceição e Barra da Lagoa, entre os anos de 1978 e 2018pt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaEngenhariaspt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons