Show simple item record

dc.contributor.advisorMoraes, Clarissa Niero
dc.contributor.authorFratoni, Jaqueline dos Passos
dc.coverage.spatialTubarão/ SCpt_BR
dc.date.accessioned2019-12-17T08:25:34Z
dc.date.available2019-12-17T08:25:34Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.riuni.unisul.br/handle/12345/9167
dc.descriptionINTRODUCTION: With the consumer population and labor market growing, the pace of work in the garment industries is also increasing, bringing many harms to workers. During the work period, the seamstresses remain seated, with poor posture, muscle compensations and may cause injuries due to repetitive movements. The ergonomics adapts workplace and analyzes risks exposed to workers, seeking better working conditions. OBJECTIVE: To evaluate the ergonomic and postural conditions of the workplace in a clothing company in the city of Treze de Maio / SC. METHODOLOGY: Sample of 12 participants. Collection instruments: evaluation form, quality of life questionnaire, Body Discomfort Scale and the Rapid Upper Limb Assessment ergonomic assessment method and ergonomic checklist. At the end of the evaluation, the results were presented and an intervention proposal to the company. For statistical analysis we used Microsoft Excel®. RESULTS: The posture of discomfort is trunk flexion, followed by trunk rotation and cervical flexion. Body segments with the most painful site are lumbar and cervical spine. 50% of participants work in the profession for more than 8 years, with working hours between 7 and 9 hours in the sitting position. The RULA method evidences that it is necessary to adopt ergonomic measures in place. CONCLUSION: We can conclude that the ergonomic analysis of the work environment contributes to the improvement of the seamstresses' health and quality of life.pt_BR
dc.description.abstractINTRODUÇÃO: Com a população consumista e mercado de trabalho crescendo, o ritmo de trabalho nas indústrias de confecção vem sendo também cada vez maior, trazendo vários malefícios aos trabalhadores. No período de trabalho, as costureiras permanecem sentadas, com má postura, compensações musculares e podendo ocasionar lesões devido movimentos repetitivos. A ergonomia adapta local de trabalho e analisa riscos exposto nos trabalhadores, buscando melhores condições de trabalho. OBJETIVO: Avaliar as condições ergonômicas e posturais do posto de trabalho em uma empresa de confecção na cidade de Treze de Maio/SC. METODOLOGIA: Amostra de 12 participantes. Instrumentos de coleta: ficha de avaliação, questionário de qualidade de vida, Escala de Desconforto Corporal e o método de avaliação ergonômica Rapid Upper Limb Assessment e checklist ergonômico. Ao final da avaliação, foi apresentado os resultados obtidos e uma proposta de intervenção à empresa. Para a análise estatística foi utilizado o Microsoft Excel®. RESULTADOS: A postura de desconforto é flexão de tronco, seguida rotação de tronco e flexão cervical. Segmentos corporais com local de maior dor são coluna lombar e cervical. 50% dos participantes exercem a profissão a mais de 8 anos, com jornada de trabalho entre 7 e 9 horas na posição sentada. O método RULA evidência que é preciso adota medidas ergonômicas no local. CONCLUSÃO: Podemos concluir que a análise ergonômica do ambiente de trabalho contribui para a melhoria da saúde e qualidade de vida das costureiras(os).pt_BR
dc.format.extent30 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofFisioterapia - Tubarãopt_BR
dc.rightsAttribution-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/*
dc.subjectAnálise ergonômicapt_BR
dc.subjectPosturapt_BR
dc.subjectQualidade de vidapt_BR
dc.titleAnálise ergonômica do trabalho em uma empresa de confecçãopt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.subject.areaCiências da Saúdept_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil

Mantido pela
Unisul
Plataforma
DSpace
Desenvolvido por
Digital Libraries
Licenciamento
Creative Commons